Pesquisa da Fiocruz acompanha saúde de idosos e seus cuidadores

Segundo levantamento nacional, cerca de 70% das vítimas fatais do Covid-19 eram pessoas idosas.

Cleber Barbosa, da Redação

A Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) está lançando uma pesquisa voltada a preservação da saúde dos idosos e de seus cuidadores, afinal o contato direto deles com seus pacientes precede dessa atenção especialmente em tempos de pandemia do Covid-19. Daniel Groisman, coordenador principal da pesquisa, que pesquisador e professor da Fiocruz no Rio de Janeiro, concedeu entrevista nesta sexta-feira (02) ao programa LuizMeloEntrevista, na Diário FM (90,9).
Segundo o pesquisador, a Fiocruz decidiu realizar essa pesquisa para mapear o impacto da pandemia nas condições de trabalho e saúde de cuidadores de pessoas idosas. “A gente sabe que nessa pandemia os idosos são o principal grupo de risco e ontem, no Dia Nacional da Pessoa Idosa, tivemos notícias tristes pois 100 mil das 142 mil pessoas que morreram no Brasil por causa do Covid-19 eram idosos”, anunciou.
Para proteger essa parcela da população, Daniel disse que uma das estratégias é olhar para as pessoas que cuidam dos idosos, pois cuidando de quem cuida se entende que o país cuida dos idosos também.
A pesquisa abrange tanto os familiares que ajudam nos cuidados da pessoa idosa, como trabalhadores domésticos e pessoas contratadas também. “A responsabilidade aumenta muito mais para essas pessoas, pois você passa a cuidar de uma pessoa que está em isolamento, afinal não pode sair tanto de casa, pelo risco de contágio e ainda o próprio risco de morte causa todo um estresse emocional, então a carga de trabalho para quem cuida aumentou muito na pandemia, repercutindo na saúde física e mental dessas pessoas”, ponderou.

Números
Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde, cerca de 7% (2.036.653 idosos) precisam de ajuda para atividades da vida diária como alimentação, higiene pessoal, medicação de rotina, acompanhamento aos serviços de saúde, bancos ou farmácias, entre outros, sendo que em 20% dos casos a função é exercida por cuidadores contratados, e em 80%, por familiares.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...