Gove Header

Waldez e Furlan se reúnem e prometem ações conjuntas do governo e prefeitura

Governo do Amapá tem parcerias com a prefeitura da capital na saúde, educação, mobilidade urbana e infraestrutura, com projetos de saneamento.

O governador do Amapá, Waldez Góes, recebeu nesta terça-feira, 29, o prefeito eleito de Macapá, Antônio Furlan, que estava acompanhado da equipe de transição. O chefe do Executivo estadual enfatizou as diversas ações realizadas pelo governo em parceria com o município.

Na ocasião, Góes detalhou as estratégias do Regime de Colaboração do Estado, que é a parceria com as administrações municipais, em diversos eixos como: Educação, Saúde, Mobilidade Urbana e Infraestrutura, sendo a Educação o carro-chefe do programa.

O regime de colaboração permite estabelecer cooperação técnica, otimizar recursos humanos, transferência de tecnologias, metodologias, recursos financeiros, materiais didáticos/pedagógicos e até transporte escolar.

Resultado da parceria, neste mês o Governo do Amapá repassou para a Prefeitura de Macapá três creches com estruturas modernas, que foram construídas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinf) e contaram com investimentos de R$ 5,67 milhões do Tesouro Estadual para custeio total e contrapartidas.

“Durante esses anos, sigo em diálogo permanente com as 16 prefeituras. Destaco que o Estado segue priorizando políticas públicas e educacionais, de formação intelectual e social de nossas crianças, independentemente de quem esteja à frente da prefeitura e secretaria de educação”, disse o governador.

Plano de Mobilidade Urbana

Também através do Regime de Colaboração, o Governo do Estado firmou convênios para a execução do Plano de Mobilidade Urbana que somam R$ 35 milhões para asfaltamento de 30 quilômetros de vias da capital. Os trabalhos já foram realizados em vias como as avenidas Timbiras, Minas Gerais, Manga Rosa, Bananeiras, e as ruas Leopoldo Machado, Mamoeiro, Victa Mota Dias.

O Plano também inclui sinalizações verticais e horizontais. Do montante disponibilizado, cerca de 50% já foi aplicado. Ainda faltam executar R$ 18 milhões.

Infraestrutura

Outra frente de trabalho é no segmento de saneamento básico na capital, incluído no Programa de Parceria de Investimentos (PPI) dos governos federal e estadual. Esta iniciativa propõe ampliar o acesso da população à água tratada e esgoto sanitário.

O PPI é desenvolvido em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e contempla os 16 municípios amapaenses e cria uma agência reguladora independente.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...