Gove Header

Tribunal aprova três nomes do MP-AP para a a disputa por vaga de desembargador

Lista tríplice para a cadeira de desembargador pelo quinto constitucional do Ministério Público é definida e encaminhada ao governador.

Os procuradores de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Fernando Luís França e Jayme Henrique Ferreira, e o promotor de Justiça Jorge Luís Canezin, foram os mais votados pelo Pleno do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap) e compõem a lista tríplice para o preenchimento da vaga de desembargador pelo quinto constitucional, a partir da lista sêxtupla enviada pelo MP-AP. A decisão foi tomada na manhã desta quarta-feira (24), na última Sessão Administrativa conduzida pelo atual presidente do Judiciário, desembargador João Lages.

Por meio de votação individual e fundamentada, entregues por por escrito, os membros da corte judicial votaram valorando-se as posições de cada membro ministerial integrante da lista sêxtupla, sendo três pontos para o primeiro lugar, dois pontos para o segundo lugar, e um ponto para cada terceiro lugar. Formou-se, então, a lista tríplice com os mais votados: Fernando França, que obteve 14 pontos, seguido de Jayme Ferreira, em segundo, com 13 pontos, e Jorge Canezin, o terceiro com 10 pontos.

Leia também:

Sessão do Pleno Administrativo do TJAP que definiu lista tríplice para a vaga de desembargador destinada ao quinto constitucional do MP-AP

Caberá ao governador do Estado, Waldez Góes, nomear o próximo desembargador pelo quinto constitucional do MP-AP, a partir da lista tríplice que será encaminhada pelo Tjap. A vacância no desembargo se deu em função da aposentadoria do desembargador Manoel Brito.

O desembargador João Lages, se despede do comando do Poder Judiciário do Amapá na sexta-feira (26), e deverá oficiar ao governador Waldez Góes, ainda hoje (24), os indicados pelo Pleno do Tjap.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...