Gove Header

PF investiga desvio de recursos para hospitais de campanha no Amapá

Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão nesta terça-feira (11), durante a Operação Tendas de Ouro.

Da Redação

A Polícia Federal (PF), no Amapá, cumpriu cinco mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (11), em Macapá, durante a Operação Tendas de Ouro, que apura fraude à licitação em contratação de serviço de locação de galpão, montagem e desmontagem de estrutura metálica para atender as necessidades dos Hospitais de Santana/AP e do Hospital de Emergência, na capital, para o combate à pandemia do Covid-19.

Os alvos foram residências dos investigados, sede da empresa vencedora do certame licitatório e a Secretaria do Estado da Saúde (Sesa).

Leia também:

Segundo a PG, a investigação apurou possível fraude no caráter competitivo da licitação, com auxílio de servidor, havendo desvio de valores, fortes indícios de direcionamento na licitação para a empresa investigada, além de superfaturamento e pagamento duplicado pelo mesmo serviço.

A empresa vencedora, que já fez contratos anteriormente com a Sesa, nessa investigação específica, envolveu o valor de R$ 1.517.101,00. Desse montante, pelo menos R$ 563 mil foram desviados.

Os investigados poderão responder pelos crimes de falsidade ideológica, corrupção ativa e passiva, associação criminosa e fraude à licitação. Se condenados podem cumprir pena de até 24 anos de reclusão.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...