- Publicidade -

- Publicidade -

MP-AP participa de posse de 83 profissionais concursados para a área da saúde

Os novos contratados, entre enfermeiros, técnicos, nutricionistas e fisioterapeutas, passarão para o quadro efetivo do município de Macapá.

Da Redação

O promotor de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Wueber Penafort, representou a procuradora-geral de Justiça do MP-AP, Ivana Cei, na segunda-feira (21), em da cerimônia de posse dos aprovados no concurso público para a área da Saúde, promovido pela Prefeitura de Macapá (PMM ). O evento ocorreu no Auditório do . Ao todo, 83 novos servidores foram empossados, que serão os distribuídos para atuar nas Unidades Básicas de Saúde do Município e reforçar o atendimento à população da capital amapaense.

Os novos contratados, entre enfermeiros, técnicos, nutricionistas e fisioterapeutas, passarão para o quadro efetivo do município. A medida também é um reforço para a instituição no combate à pandemia da Covid-19. Essa foi a quinta posse dos profissionais que passaram no processo seletivo.

O prefeito de Macapá, Antônio Furlan, após empossar os profissionais, ressaltou que iriam, hoje mesmo, serem lotados nos seus devidos lugares de trabalho na Secretaria Municipal de Saúde, de acordo com as necessidades de cada unidade.

“Nós revogamos esse concurso, que tinha mais de dois anos, assim como o da Educação e o da Assistência. E estamos dando o devido valor para essas pessoas que dentro das necessidades estão sendo chamadas mostrando o compromisso com esses profissionais que tanto se prepararam nesse momento especial”, comentou o prefeito.

Sobre o Concurso

A contratação dos candidatos habilitados no Concurso Público n° 002/2018, foi voltada apenas aos candidatos com status de aprovado, após exames documentais e médicos, na lista contida no edital 002/2022 da Secretaria Municipal de Gestão.

O resultado final e homologação foi divulgada no edital 003/2022 da Gestão, que trouxe os nomes dos 83 profissionais da saúde, destes 25 para os cargos de enfermeiros, 44 técnicos, 11 farmacêuticos, 2 nutricionistas e 1 fisioterapeuta. No documento, todos foram convocados a participarem da cerimônia de Posse e Nomeação.

Atuação do MP

O MP-AP, diante da alta demanda resultante da pandemia, já havia solicitado esse chamamento dos aprovados, com o apoio de associações de classe como Conselho Regional de Farmácia (CFM) e Conselho Regional de Enfermagem (Coren), pois existe déficit de pessoal em todas essas áreas profissionais chamadas hoje.

De acordo com o promotor de Justiça de Defesa da Saúde, com a posse realizada hoje, certamente melhora a oferta de serviços para a comunidade nas áreas da atenção básica, urgência, emergência e laboratorial.

“Um dos nossos maiores problemas da saúde do estado, no município, além da falta de estrutura física e escassa de recursos financeiros e na questão dos recursos humanos. Esses 83 novos servidores que vão se engajar nessa luta. Essa área não é apenas uma profissão, é um desafio para todos nós”, comentou o promotor.

“Os empossados chegam em um momento importante, não só pela escassez de profissionais e também pela degradação do quadro atual da dos servidores da saúde como um todo. Estou aqui para parabenizar a Prefeitura e os parlamentares que ajudaram com que isso acontecesse. O Ministério Público se sente privilegiado e prestigiado em entender que parte da sua demanda, que é atendimento especializado do nosso público, vai ser atendido com esse recurso que vai entrar agora. Além disso, concurso é a forma correta de ingressar no serviço público”, frisou Wueber Penafort.

Compareceram à posse, o vice-governador do Amapá, Jayme Nunes, a secretária municipal de Saúde, Érica Aymoré, o superintendente de Vigilância em Saúde, Dorinaldo Malafaia, o superintendente estadual do Ministério da Saúde no Amapá, Roberto Bauer, e demais. Além de vereadores e gestores municipais, representantes dos sindicatos de saúde, imprensa e sociedade civil organizada.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...