Gove Header

Líder dos rodoviários, Genival Cruz exige cumprimento da lei contra acúmulo de função

Rodoviários pedem que a lei aprovada e promulgada pela Câmara Municipal seja obedecida pois categoria de cobradores vem perdendo postos de trabalho.

Cleber Barbosa, da Redação

Líder dos rodoviários, Genival Cruz, que marcou época como candidato a prefeito, voltou à mídia esta semana para pedir que a Prefeitura de Macapá possa fazer com que asa empresas de transporte coletivo cumpram lei aprovada e promulgada pela Câmara Municipal de Macapá (CMM) que proíbe o acúmulo de função por parte de motoristas, que também atuam como cobradores.

Falando ao programa LuizMeloEntrevista, na rádio Diário FM (90,9), ele lembrou que a proposição foi de autoria do próprio presidente da CMM, vereador Marcelo Dias (PPS), mas apoiada pela categoria dos rodoviários. “Nós iniciamos uma campanha desde que a lei foi promulgada no dia 23 de abril deste ano, então nós queremos a execução a lei”, disse.

Entre as principais argumentações, diz, a manutenção dos empregos para a classe dos cobradores de ônibus, segundo pelos riscos que a dupla função gera para a categoria dos motoristas. “A gente já está identificando inclusive demissões por parte das empresas de ônibus, que estão se valendo da própria legislação para demitir os cobradores de ônibus, não só os micro-ônibus, como os ônibus grandes também”, pondera.

Leia também:

Genival Cruz, que não é mais o presidente do Sindicato dos Rodoviários, diz que a entidade já protocolou ofícios junto à Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMAC) cobrando a aplicação da nova legislação.

Eleições

Provocado pela equipe do programa sobre a retomada da carreira política, Genival Cruz diz que avalia sim a possibilidade de concorrer esse ano, porém não como candidato a prefeito, mas sim a vereador. Sobre o tradicional bordão de que os adversários são farinha do mesmo saco, ele descarta. “Vou parar de condenar a farinha, que é uma coisa tão boa que não dá para comparar essas caras com ela”, concluiu.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...