Juventude socialista aposta em nome de jovem liderança estudantil para vereadora

Atual presidente da União da Juventude Socialista (UJS), Janaína Corrêa surge como nome de esquerda para buscar cargo no Legislativo em Macapá.

A cúpula do União da Juventude Socialista do Amapá (UJS/AP), apostando na necessidade de impulsionar o protagonismo jovem na capital, está construindo uma pré-candidatura para disputar uma das cadeiras da Câmara de Vereadores. Em reunião virtual, a universitária Janaína Corrêa, que preside a UJS no Amapá, o secretário Nacional de Juventude do PCdoB, André Torkaski, e o presidente nacional da UJS, Tiago Morbach, discutiram a necessidade da juventude macapaense participar ativamente do processo eleitoral e consolidar o lançamento da pré-candidatura de Janaína a vereadora de Macapá.

A UJS está apoiando em todo o Brasil mais de 80 pré-candidaturas de jovens do seu coletivo, e se entusiasma com a pré-candidatura de Janaína Corrêa, na capital do meio do mundo: uma jovem mulher, acadêmica de ciência sociais, militante estudantil e engajada nas causas da população mais vulnerável. “É de extrema importância que nossa juventude esteja protagonizando as lutas políticas, para que nós possamos legitimamente ocupar os espaços de poder”, disse o presidente da entidade Tiago Morbach.

Na ocasião, o secretário Nacional de Juventude e Movimentos Sociais do PC do B parabenizou a iniciativa da entidade no Estado de protagonizar uma candidatura feminina e de juventude em Macapá. “Quando mulheres se organizam politicamente, elas têm o poder de transformar a sociedade patriarcal”, reforçou André Torkaski.

O secretário pontuou, ainda, que Macapá é uma cidade jovem, com uma enorme parcela da da população nessa faixa etária, e que, portanto, precisa de muito mais atenção do poder público, para que essa juventude tenha acesso a direitos básicos como tecnologias da informação, trabalho, cultura e educação, enfim, para que tenha perspectivas de futuro.

Para a presidenta da UJS-AP, Janaina Corrêa, uma candidatura jovem pode ser o suspiro e a renovação que o nosso momento político exige. “Devemos não somente apoiar, mas também protagonizar nesses espaços políticos, para que a juventude tenha espaço e voz, e sendo, também, uma candidatura feminina amplia ainda mais o espaço e a representatividade política. Nosso sonho é coletivo e assim estamos construindo nossa caminhada. Agradeço o apoio da Nacional e vamos seguir firmes no desejo de colocar as pautas da juventude em primeiro plano nas eleições deste ano”, afirma Janaína.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...