Gove Header

Janete Capiberibe vai ao rádio e defende projetos de gestão compartilhada

Vereadora do PSB também se posicionou contrária ao retorno das aulas presenciais na rede municipal de educação de Macapá.

Cleber Barbosa, da Redação

O prefeito de Macapá, Antônio Furlan, sancionou na a Lei Gestão Compartilhada, de autoria da vereadora Janete Capiberibe (PSB/AP), que permite a fiscalização da aplicação de recursos públicos por meio de aplicativo de mensagem de redes sociais. Em entrevista no rádio, nesta quarta-feira (5), ela destacou o alcance da proposta e agradeceu a chancela do chefe do Executivo.

Para Janete, a proposição já foi testada em escala nacional, quando de sua passagem pela Câmara dos Deputados. “Quando assumimos o mandato na câmara, o projeto de gestão compartilhada foi aprovado por unanimidade, entre fevereiro e abril. Essa lei para o acompanhamento dos gastos públicos através de aplicativos de mensagens de redes sociais”, explicou.

Falando ao programa Café com Notícia, a parlamentar macapaense ela também comentou sobre projeto de sua autoria que cria banco de empregos para mulheres vítimas de violência doméstica em Macapá. “Esse outro projeto cria o programa de incentivo para a contratação de mulheres em situação de violência domestica, para que elas possam ter essa autonomia e garantir a separação física dos seus agressores e tocarem suas vidas, principalmente no isolamento social”, explicou.

Volta às aulas

A vereadora da capital também comentou um dos assuntos mais polêmicos dos últimos dias, de retomar as aulas presenciais em Macapá. “Somos contra o retorno das aulas presenciais, porque não tem vacina. Não temos nem a 2° dose da Coronavac, e todos os trabalhadores da educação que trabalham dentro de uma unidade escolar, não estão vacinados. A vida é valiosa e não podemos colocar ela em risco”, completou.

Leia também:

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...