Waldez anuncia mais 3,6 mil cestas de alimentos para famílias do Vale do Jari

Com o acréscimo, são mais de 9 mil cestas destinadas para a região desde o fim de maio. Decisão foi tomada por Waldez Góes no último final de semana.

Da Redação

O Governo do Amapá vai destinar mais 3.643 cestas de alimentos para a população vulnerável dos municípios de Laranjal do Jari e Vitória do Jari, totalizando 9.271 cestas destinadas à região. A decisão foi tomada pelo governador Waldez Góes que esteve no Vale do Jari no último final de semana para acompanhar as ações de assistência aos moradores.

LEIA MAIS: Governador acompanha ações de assistência humanitária e de saúde a famílias no Vale do Jari

As 3.643 cestas são de ajuda humanitária, sendo 2.143 que já estão em Laranjal do Jari e 1.500 que serão enviadas para Vitória do Jari ainda nesta semana. A região foi afetada por cheias de rios e fortes chuvas no fim de maio.

Nos últimos dias, o Governo do Estado enviou 5.628 cestas de ajuda humanitária e do Programa Comida em Casa para distribuir à população em vulnerabilidade social e aos trabalhadores informais. Elas são compostas por 16 itens diferentes, incluindo arroz, feijão, óleo, leite em pó, macarrão, açúcar, café, farinha, e entre outros produtos, que somam 43 volumes que cada família vai receber.

A distribuição das cestas é feita pela força-tarefa montada para auxiliar os moradores afetados pelas enchentes que atingem a região. Atualmente, equipes da Secretaria de Inclusão e Social (Sims), Defesa Civil e Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) estão nos municípios prestando assistência à população. O trabalho conta com o apoio das prefeituras das duas cidades

Outras localidades

Ao mesmo tempo que presta assistência ao Vale do Jari, o Governo do Amapá tem oferecido suporte aos municípios de Porto Grande, Pedra Branca do Amapari, Serra do Navio e Oiapoque, que também foram atingidos por enchentes.

LEIA MAIS: Estado presta assistência aos municípios do Amapá atingidos por cheias de rios

A Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims), a Defesa Civil e a Superintendência de Vigilância em Saúde estão nestas localidades com ajuda humanitária, ações de saúde e cidadania.

LEIA MAIS: Governo mobiliza atendimento social e de saúde para amapaenses afetados por alagamentos

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...