Gove Header

Confirmado como candidato a prefeito da Frente por Santana, Bala fala de prioridades

Pré-candidato à Prefeitura de Santana vai ao rádio e aponta metas como devolver o protagonismo da cidade portuária em relação à economia do Amapá.

Cleber Barbosa, da Redação

Um dia depois de ter seu nome confirmado como cabeça de chapa da Frente por Santana na disputa do cargo de prefeito, o ex senador Bala Rocha (PP/AP) concedeu entrevista ao programa LuizMeloEntrevista, da rádio Diário FM (90,9), na manhã de sexta-feira (21). Ele quer usar a experiência acumulada e o trânsito que possui em Brasília – onde também foi deputado federal – para carrear todos os recursos extraorçamentários disponíveis para o que chamou de “reconstrução” da cidade portuária.

Acompanhado da socióloga Isabel Nogueira (PT), pré-candidata a vice-prefeita na futura chapa – a ser ratificada em convenção – se disse bastante otimista. “Fiquei muito feliz com o resultado da pesquisa que apontou o meu nome, claro, mas especialmente pela compreensão de todos a respeito dessa solução democrática de buscarmos a opinião do santanense a respeito do movimento que reuniu quatro pré-candidatos a prefeito, que colocaram Santana acima de qualquer ideologia política ou partidária”, disse ele.

Os demais candidatos que integram a Frente por Santana são o deputado estadual Jory Oeiras (DC) e o Tenente Antônio Luís (sem partido).

O pré-candidato também respondeu a questionamentos a respeito de apoio político ao projeto, afirmando que a própria alternativa democrática de definir um entre quatro candidaturas por meio de consulta de opinião pública está servindo para que o movimento ganhe adesões e fortaleça a musculatura do projeto, que entra mais fortalecido para a campanha.

Bala Rocha também falou sobre aquilo que deverá nortear o plano de governo que deverá apresentar ao eleitor santanense na campanha, como soluções inteligentes, um arrojado plano de mobilidade urbana e criar as condições para dialogar com o mercado, a partir da vocação portuária de Santana e o resgate de seu protagonismo em relação ao estado.

Alianças

O presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM/AP), foi apontado por Bala Rocha como uma dessa adesões importantes, além de integrantes da bancada federal que estiveram a seu lado desde o início, como os deputados federais André Abdon (PP/AP) e Luiz Carlos (PSDB/AP). “O governador Waldez fez uma outra opção neste primeiro momento, mas se Deus nos permitir chegar à Prefeitura de Santana, que já disputei eleição em 1992, irei procura-lo também para fazer parceria com o nosso município”, disse ele.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...