Gove Header

Combate ao tráfico de drogas: MP-AP participa da Operação Viking

As unidades especializadas do MP-AP apoiaram a Polícia Federal, somente na deflagração da operação, visto que essa investigação da PF iniciou-se em abril de 2021.

Da Redação

O Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio do seu Núcleo de Inteligência (Nimp) e Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), participou, nesta quinta-feira (11), da Operação Vikings, deflagrada nas cidades de Macapá, Santana e Pedra Branca do Amapari.

A ação, capitaneada pela Polícia Federal, foi conjunta com o Ministério Público do Estado do Amapá, a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil e Polícia Militar (Bope), tendo o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão e prisões preventivas de pessoas investigadas por crimes de tráfico de drogas, por integrarem organização criminosa e ainda outros crimes a serem definidos.

As unidades especializadas do MP-AP apoiaram a Polícia Federal, somente na deflagração da operação, visto que essa investigação da PF iniciou-se em abril de 2021. O MP-AP cedeu recursos fluviais e pessoal, para o cumprimento dos mandados na Ilha de Santana, onde um homem, contra o qual havia mandado de prisão preventiva, também foi preso em flagrante pelas equipes guardando em sua casa cerca de 12 kg de droga.

Durante a Operação, nos três municípios, foram feitas prisões e apreensões de drogas, armas de fogo e dinheiro.

A coordenadora do Gaeco e Nimp, promotora de Justiça Andréa Guedes, que participou da Operação na Ilha de Santana, ressaltou que o MP-AP continuará acompanhando e investigando as ações das organizações criminosas e apoiando, quando solicitado, as forças de segurança na defesa da sociedade.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...