Gove Header

Campanha sobre cuidados ao embalar o lixo doméstico tem diminuído casos de acidentes

No primeiro semestre deste ano a Zeladoria Urbana registrou cinco ocorrências. Número inferior ao do ano passado, que chegou a 10% no mesmo período.

Da Redação

Deu certo! A campanha da Prefeitura de Macapá que orienta a população sobre os cuidados necessários ao embalar materiais pontiagudos ou cortantes tem garantido a diminuição dos casos de acidentes com garis durante a coleta seletiva.

Dados da Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana mostraram que no primeiro semestre de 2021, cinco ocorrências foram registradas, o que é 10% menos que os registros do mesmo período de 2019. Maior parte dos acidentes envolveu seringas, cacos de vidro, espetos, facas e outros tipos de lâminas.

O gari Rosivaldo Lima Souza, 51 anos, coletor de lixo nas áreas de ressaca, onde as sacolas são recolhidas e colocadas na entrada das pontes, disse que a compreensão da população permitiu mais agilidade e segurança no trabalho. “Quando faço a coleta de casa em casa e observo o lixo bem armazenado nas sacolas, sei que posso fazer o manuseio sem me preocupar com agulhas, vidros e outros materiais que possam me ferir. Além do que, não perco tempo abrindo as sacolas para separar os resíduos”, relatou.

“Estou há pouco mais de dois meses nessa função e satisfeito em saber que agora existe essa preocupação da prefeitura em orientar a população a embalar melhor o lixo para a nossa segurança”, disse o coletor Lucas dos Santos Assunção, 22 anos.

“Tenho observado com frequência que a população está mudando seus hábitos e fazendo o descarte correto do lixo. Claro que ainda tem muita gente que não faz isso, mas já temos um avanço”, considerou o gari Edmilson da Silva, 41 anos.

O secretário Municipal de Zeladoria Urbana, Jean Patrick, reforçou que as campanhas educativas auxiliaram na redução dos acidentes, e que poder contar com a população tem sido importante para o resultado positivo do trabalho. “Essa parceria com a comunidade em atender nossas orientações tem refletido diretamente no saldo positivo dos serviços. É uma campanha diária e permanente”, disse Jean Patrick.

Saiba como embalar material perfuro cortante

Embrulhe os pedaços de vidro, cacos de espelho, ampolas e similares em folhas de jornais, papelões, caixas de sapato ou de leite, ou ainda dentro de garrafas PET cortadas.

Se possível, identifique o tipo de material que está na embalagem, para que o gari redobre o cuidado ao manusear.

Você também pode identificar no saco de lixo que ali há material cortante. Dessa forma o coletor e outras pessoas que farão o manuseio ficarão cientes dos riscos.

Procure colocar o lixo em sacos resistentes e sempre bem fechados.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...