Gove Header

Auxílio Brasil: Prefeitura esclarece dúvidas sobre novo programa social

O programa tem como público-alvo pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza.

Da Redação

O Auxílio Brasil, novo programa do Governo Federal que substitui o Bolsa Família, começou a ser pago nesta quarta-feira (17) para 14 milhões de famílias em todo o Brasil. A Prefeitura de Macapá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), esclarece os pontos mais importantes sobre o novo programa de transferência de renda voltado às famílias em situação de pobreza e extrema pobreza no país.

Quem são os beneficiários

Neste momento, quem já recebia o programa Bolsa Família não precisa se preocupar, pois automaticamente o beneficiário migra para o Auxílio Brasil, sem exigência de recadastramento. Em Macapá, 33.476 famílias que recebiam o Bolsa estão aptas a continuarem recebendo o novo programa social.

Novos beneficiários

O Ministério da Cidadania informou que a partir de então, todos os meses haverá a inclusão de novos beneficiários no Auxílio Brasil. É importante ressaltar que a família estar inscrita no CadÚnico não leva ao pagamento automático do benefício, uma vez que existe uma lista de espera no município de Macapá desde 2019, com mais de 46 mil famílias aguardando. Segundo o Governo Federal, a inclusão de novos beneficiários será feita à medida que o governo tenha recurso no orçamento.

Valores

No mês de novembro, o valor médio no pagamento do programa será de R$ 224 por família, de acordo com o Ministério da Cidadania. A concessão e o valor do benefício podem ser consultados pelo aplicativo do Auxílio Brasil.

Atualização cadastral

Aqueles que recebem o programa e estão com o Cadastro Único desatualizado há mais de dois anos devem procurar o atendimento nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) ou na Central do Cadastro Único (Casa do Bolsa) em Macapá. Se o cadastro estiver atualizado há menos de 2 anos e não tenha ocorrido mudanças de endereço, renda ou de outras informações da família, não é necessário procurar o ponto de atendimento para uma nova atualização.

Documentos necessários

Os documentos necessários para cadastro novo e atualização no CadÚnico são o RG, CPF, comprovante de residência, título de eleitor e carteira de trabalho do responsável familiar e de todos que moram na mesma casa. Para as crianças: RG, CPF, certidão de nascimento e declaração escolar (não obrigatória). Levar somente documentos originais.

Como consultar o cadastro

Através do aplicativo ‘Meu CadÚnico’ o cidadão pode checar o seu cadastro de onde estiver.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...