Amapá está livre de casos de sarampo há mais de 19 semanas

SVS recebe visita da OPAS para analisar certificação de estado livre do sarampo, com mais de 19 semanas sem casos suspeitos da doença no Amapá.

Da Redação

Nesta quinta-feira, 24, a Superintendência de Vigilância da Saúde (SVS) recebeu técnicos da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) para analisar, em conjunto com municípios, o quadro epidemiológico do sarampo. A organização certifica os países livres da doença e por isso estão visitando o Pará, Amapá, Rio de Janeiro e São Paulo, que tiveram casos confirmados nos últimos anos.

Estiveram presentes na reunião, representantes dos municípios de Macapá, Santana e Mazagão, onde cada um apresentou seu cenário epidemiológico nos últimos anos, estratégias de contenção da doença e o bloqueio vacinal que tem sido feito.

Não há registro de casos suspeitos há mais de 19 semanas no Amapá e segundo o Ministério da Saúde, se o estado estiver há mais de 12 semanas sem notificação, pode ser considerado sem surto da doença. O último caso notificado de sarampo foi em Macapá, no dia 04 de julho deste ano.

Em 2020, o Amapá teve 297 casos confirmados, e em 2021, 482 casos, passando por um surto considerado crítico da doença. Neste ano foram confirmados 31 casos.

“A OPAS tem feito o trabalho de revisitar os estados e analisar todos os critérios para certificar o Brasil livre do sarampo e os estados que serão visitados têm um cenário epidemiológico estável. Sendo assim, tudo indica que em 2023, podemos ser considerados livres do sarampo”, afirmou o gerente do Núcleo de Vigilância Epidemiológica da SVS, Ivon Cardoso.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...