Gove Header

Vereador pede a Furlan “auxílio jaleco” para trabalhadores do município

Uma das marcas da passagem do prefeito pelo Parlamento Estadual, projeto vigora a nível do estado e pode ser reeditado na gestão da capital.

Da Redação

A Câmara Municipal de Macapá (CMM) aprovou, por unanimidade, requerimento do vereador Dudu Tavares (PDT), que pede à Prefeitura Municipal de Macapá que encaminhe ao Legislativo um Projeto de Lei para garantir o pagamento do “auxílio jaleco” aos profissionais da saúde. A votação ocorreu em sessão virtual realizada na semana passada e desembarca no gabinete do prefeito Dr. Furlan (CIDADANIA) nos próximos dias, uma das proposições mais emblemáticas da passagem dele pela Assembleia Legislativa do Amapá.

A proposta virou lei e vigora a nível estadual. “Pedimos ao prefeito que tenha essa sensibilidade, e implemente o auxílio jaleco, a medida vai gratificar e ajudar todas e todos os profissionais. O momento pede por essa ação de valorização, é tempo de trabalhar pelos direitos e garantias daqueles que se arriscam todos os dias para cuidar da saúde da nossa gente”, observou Dudu Tavares.

A parcela indenizatória será um incentivo financeiro que vai auxiliar os profissionais na compra de vestuários como jaleco, blusa, calça, sapato, entre outros materiais para que sejam utilizados no exercício da profissão. E deve ser destinado aos trabalhadores que exercem atribuições no atendimento direto ao paciente, laboratoriais ou de fiscalização presencial no sistema de saúde municipal.

A utilização de jalecos é obrigatória, de acordo com as medidas de biossegurança, e protege os trabalhadores na realização de procedimentos em pacientes. O vereador ainda destacou que o benefício é um reconhecimento às heroínas e heróis da saúde do município de Macapá.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...