Gove Header

Últimos dias para participar da Consulta Pública sobre as Metas do Poder Judiciário para 2022

A Rede de Governança Colaborativa do Poder Judiciário criou este sistema de consulta e debate públicos para a elaboração das Metas Nacionais do Poder Judiciário para o ano de 2022.

Da Redação

O prazo para responder a Consulta Pública da Rede de Governança Colaborativa do Poder Judiciário sobre as Metas do Poder Judiciário para 2022 encerra no domingo, dia 18 de julho, e o Tribunal de Justiça do Amapá conta com sua contribuição para um resultado mais democrático e participativo. Segundo o servidor Carlson Uchoa, da Assessoria de Planejamento do TJAP, até a quinta-feira (15) a iniciativa conquistou 345 questionários respondidos, portanto a colaboração dos públicos ligados à Justiça do Amapá tem aumentado com a divulgação, mas ainda há margem para crescimento. O servidor alerta que “este é um dos eventos que temos de realizar anualmente e, a depender da participação, podemos atingir até 30 pontos que são contabilizados para o Prêmio CNJ de Qualidade”, no qual o TJAP atualmente ostenta a classificação Categoria Ouro pela edição 2020.

Para participar basta acessar o link da pesquisa, clicando aqui ou acessando o banner disponível na página inicial do Portal do TJAP (intitulado GESTÃO PARTICIPATIVA, JUNTOS POR UMA JUSTIÇA AINDA MELHOR), selecionar o botão que melhor representa o público do qual você faz parte e responder o formulário (leva poucos minutos).

A pesquisa foi iniciada no último dia 28 de junho e tem como objetivo estimular uma gestão participativa, captando sugestões das mais diversas e especializadas perspectivas para a construção de um Poder Judiciário cada dia mais justo e célere. Todas as sugestões serão compiladas, analisadas pelo Conselho Nacional de Justiça e consolidadas em relatório conforme pertinência e viabilidade dentro de uma série de critérios técnicos. Somente após será elaborada uma proposta final das Metas para 2022.

A Rede de Governança Colaborativa do Poder Judiciário criou este sistema de consulta e debate públicos para a elaboração das Metas Nacionais do Poder Judiciário para o ano de 2022. Por meio de um formulário simples, que pode ser respondido em apenas cinco minutos, magistrados, servidores e qualquer membro da sociedade podem contribuir para a construção de metas norteadoras do Poder Judiciário. Assim, poderão possibilitar que este poder seja adequadamente desafiado no próximo ano no cumprimento de sua missão de prestar a jurisdição, garantir direitos e promover a paz social.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...