Gove Header

TJAP realizará a 14ª edição do Bate-Papo com a Imprensa, nesta sexta-feira (09)

Com início marcado para as 8h30, o encontro será realizado de forma mista, sendo presencial no Plenário do TJAP e virtual com acesso pela plataforma Zoom.

Da Redação

O Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) realizará nesta sexta-feira, 09 de julho, às 8h30, a 14ª edição de uma de suas mais transparentes iniciativas: é o programa Bate-Papo com a Imprensa, instituído em 2017 pelo Judiciário amapaense. Na ocasião, o desembargador-presidente Rommel Araújo receberá os jornalistas para a roda de conversa com temas livres, sem prévia definição de pauta. Em um formato com mais interação, nesta edição, o juiz auxiliar da Presidência, Nilton Bianquini Filho; as juízas Elayne Cantuária (titular da 2ª Vara de Família da Comarca de Macapá) e Larissa Antunes (titular da Vara da Infância e Juventude de Santana) e o juiz João Matos Júnior (titular da Vara de Execuções Penais de Macapá) também participarão do Bate-Papo com os profissionais da comunicação.

Com início marcado para as 8h30, o encontro será realizado de forma mista, sendo presencial no Plenário do TJAP (rua General Rondon, nº 1295, no Centro de Macapá) e  virtual com acesso pela plataforma Zoom. Os que participarem presencialmente farão uso obrigatório de máscara, respeito ao distanciamento recomendado pelas autoridades de saúde e higienização das mãos ao acessar o prédio.

Jornalistas e produtores de conteúdo que desejarem participar do 14º Bate-Papo com a Imprensa devem enviar nome completo e veículo de origem para o WhatsApp (96) 99115.4894 até às 14 horas do dia 08 de julho.

Sobre o programa

Pioneiro no diálogo franco e aberto com jornalistas e outros produtores de conteúdo, sem pauta pré-definida ou temas proibidos, o Poder Judiciário do Amapá periodicamente chama representantes dos principais veículos de comunicação locais – TV, Rádio, Jornal, Portal e Blog – para responder aos questionamentos de jornalistas, que virtual ou presencialmente comparecem para exercer sua missão de fiscalizar o poder e informar a sociedade.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...