Gove Header

Secretário fala da nova estrutura de enfrentamento à corrupção e crimes cibernéticos

Coronel Carlos Souza, titular da SEJUSP, vai ao rádio e anuncia as medidas de modernização e aparelhamento para enfrentar o crime organizado.

Cleber Barbosa, da Redação

O secretário de segurança pública do Amapá, coronel Carlos Souza, concedeu entrevista nesta sexta-feira (14) ao programa LuizMeloEntrevista, na Diário FM (90,9), sobre a reformulação da Polícia Civil do Estado, conforme sanção do governador Waldez Góes (PDT) à Lei 2.507/20, que permite a criação de estruturas de combate à corrupção e também os crimes cibernéticos.

O representante da SEJUSP disse que é mais um avanço no processo de enfrentamento aos ilícitos e o crime organizado. “Nós somos signatários do Sistema Único de Segurança Pública, fomos o terceiro estado do Brasil a implantar um conselho estadual de segurança pública, o nosso fundo estadual de segurança pública, que são medidas como a criação da delegacia de combate à corrupção, um trabalho iniciado ainda com o ex-ministro Raul Jungmann e aperfeiçoado pelo então ministro [Sérgio] Moro”, disse ele.

Carlos Souza lembrou ainda que essa nova diretriz possui quatro eixos principais, que são o combate ao crime violento, combate ao tráfico de drogas, combate ao crime organizado e o combate à corrupção.

Facções

O titular da SEJUSP também disse que existem no Amapá atuando hoje sete organizações criminosas, efetivamente implantadas no estado, que interagem com São Paulo e Rio de Janeiro, daí a necessidade de uma visão sistêmica dessa nova estrutura que vem sendo implantada.

Ele diz também ter sido um avanço a criação da delegacia de crimes cibernéticos, muito antenado com os acontecimentos da atualidade mundial, quando as pessoas estão muito mais em casa, portanto suscetíveis a várias modalidades de golpes e fraudes por meio virtual, meio remoto.

Por fim, disse ser importante essa sintonia com os demais estados da federação e o governo central, para criar muito mais dinamismo para o enfrentamento à corrupção no Amapá também. “O governador deverá fazer uma grande entrega na semana que vem de uma grande estrutura de computadores, viaturas, armamento e prédios públicos, além dos concursos públicos feitos para o setor”, completou.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...