Gove Header

Roberto Góes diz ser Fake News áudios de uma suposta secretária de sua casa

O ex-prefeito de Macapá distribuiu outro áudio para esclarecer que não procedem as informações de informação privilegiada sobre 'Lockdown' no comércio.

Cleber Barbosa, da Redação

O ex-prefeito de Macapá Roberto Góes (DEM/AP), que também  é ex deputado federal, distribuiu um áudio nesta quinta-feira (30) sobre uma notícia falsa que circulou nas redes sociais desde ontem e que provocou muita gente desavisada a lotar supermercados e atacadistas da cidade. Um áudio, atribuído a uma suposta secretária da residência dele, a falsa funcionária relata a uma amiga ter ouvido do patrão a informação de que haveria um fechamento total do comércio e que era recomendável estocar comida em casa para passar pelo menos duas semanas.

Roberto Góes, ao seu estilo, atribui tudo a divergências políticas e diz que trata-se de mais um Fake News. “Não existe isso, é tudo mentira! Na verdade isso é gente que quer usar de má fé com a própria população, sabendo do desespero que a população está passando no mundo, no Brasil e aqui no Amapá não é diferente, e não tive nenhuma conversa com o Waldez e o Clécio nesse sentido. E preocupação que todo mundo tem é no sentido de as pessoas ficarem em casa e algumas pessoas infelizmente não reconhecem isso”, disse ele.

Por fim, o ex prefeito atribui o uso de seu nome a uma manobra política, de alguém agindo de má-fé. “Eu acredito que seja o Covidão (sic) e o Covidinho (sic) porque só pode ser pessoas que querem ver o circo pegar fogo”, diz Roberto Góes no áudio.

Ouça o áudio que agora sabe-se ser fruto de Fake News

Ouça o áudio com a manifestação de Roberto Góes

 

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...