Prefeitura Header

PTB declara apoio a Jaime Nunes como candidato a governador no próximo ano

Novos dirigentes da legenda, Kassyo Ramos e Paulo Paranagua, vão ao rádio e falam sobre as tratativas para chegar forte nas eleições de 2022 no Amapá.

Cleber Barbosa, da Redação

Dirigente regional licenciado do PTB no Amapá, Kassyo Ramos foi ao programa Togas&Becas deste sábado, na rádio Diário FM (90,9), ao lado do dirigente em exercício da legenda, Paulo Paranaguá, falar sobre a renovação do partido no Amapá. Disseram que lideranças históricas como Eduardo Seabra deram uma contribuição muito grande e que agora o fazem numa condição de aconselhamento, como presidente de honra.

O PTB é atualmente o 6º maior partido do país, em números de filiados, mas no Amapá não possui nenhum mandatário entre seus integrantes. “Mas nós já temos dois deputados aguardando a janela de transferência, Zezinho Tupinambá e Jaime Perez, além de dois vereadores confirmados, Jean do NAE e Carlos Murilo, além do Caetano Tomaz que estamos aguardando sua confirmação, mas no estado nós temos um vereador em Santana, Angelo, o quarto mais votado, mas no total temos seis vereadores no Amapá que irão passar para o PTB”, anunciou Kassyo Ramos.

Ainda segundo a retórica dos novos dirigentes da legenda, a reformulação do PTB vai além da parte institucional, mas o fortalecimento do quadro de filiados se propõe a trazer vitórias nas urnas no próximo ano, tendo o atual vice-governador Jaime Nunes, como o objeto do desejo do partido. “Se ele não vier pelo PTB, pode vir pelo PSD do senador Lucas [Barreto], o PROS do Acácio [Favacho], o MDB do Gilvan [Borges] ou qualquer partido que seja nós vamos estar com ele como nosso candidato a governador”, disse Kassyo.

Presidência da República

Os representantes do PTB também disseram seguir uma diretriz da Executiva Nacional do partido, na pessoa de Roberto Jefferson, para fechar questão em torno da reeleição do presidente Jair Bolsonaro – que também é cortejado a ingressar na legenda. A condição para apoio à candidatura de Jaime Nunes é não ter nenhum partido de esquerda no arca de aliança. Já as tratativas para a corrida ao senado, há um diálogo iniciado com o Pastor Guaracy, mas que há espaço na agenda de conversas e prospecções do PTB no Amapá.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...