- Publicidade -

- Publicidade -

Primeiro data center outdoor do Amapá entra em operação

A construção tem a chancela da empresa Gemelo Brasil, considerada uma das maiores fábricas de data centers pré-fabricado da América Latina.

Da Redação

O primeiro datacenter outdoor do Estado entrou em operação esta semana, reunindo toda a parte lógica do Tribunal de Contas do Estado do Amapá em uma estrutura de ponta ultra resistente a incêndios, invasões e apagões elétricos. A construção tem a chancela da empresa Gemelo Brasil, considerada uma das maiores fábricas de data centers pré-fabricado da América Latina.

Para que toda a estrutura entrasse em operação, foi necessária uma readequação no fornecimento de energia no prédio sede do Tribunal de Contas. “Tínhamos uma subestação de energia de trinta anos e que não suportaria as exigências que o data center requer. Por isso precisamos de alguns meses para adaptar e construir uma nova subestação e colocar a infraestrutura em funcionamento”, explicou Mayk Campelo, chefe da divisão de infraestrutura de dados e redes.

Banco de dados, servidores e outros equipamentos já em funcionamento no data center

No feriado de 4 de fevereiro, quando se comemorou o aniversário de 264 anos de Macapá, todos os ativos de TI (computadores, servidores, roteadores, entre outros) foram transferidos e armazenados no data center. A operação foi acompanhada pela equipe de TI e pelo presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Michel Houat Harb. “Com o início do funcionamento do data center, não vamos mais ter problemas quanto a paralisação de sistemas e bancos de dados, como vinha ocorrendo corriqueiramente. A área tecnológica não regride, muito pelo contrário, só avança, e o Tribunal de Contas do Amapá está atualizado com os últimos investimentos em sistemas, computadores e treinamentos”, disse Michel.

Presidente Michel Harb e conselheiro Paulo Martins em visita ao data center

Implantado em uma estrutura própria construída em frente ao prédio sede do TCE Amapá, o data center pesa 15 toneladas e levou sete dias para chegar ao Estado. Foi necessária uma operação envolvendo órgãos de trânsito e de energia elétrica para o transporte da estrutura, ocorrido em junho de 2021.

Data center monitorado 24 horas tem chancela da maior fabricante da América Latina

Monitorado 24 horas por dia, o data center contém sistema contra incêndio e refrigeração, sistema de no-break, equipamentos de TI e rede, proteções diversas contra fogo, arrombamento e ingresso de poeira e água, controle de acesso, iluminação e geradores de energia.

Publicidade (x)

 

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...