Residencial Barcelona

Presidente do TJAP recebe representantes do Instituto Shelter de Proteção à Vida

Ascom TJAP

O Instituto Shelter de Proteção à Vida, representado pela coordenadora de projetos e coronel da reserva da Polícia Militar, Palmira Bittencourt, apresentou ao presidente do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), desembargador João Lages, o plano de construção de um Parque Ambiental Turístico na Área de Proteção Ambiental (APA) localizada no distrito de Fazendinha, município de Macapá. A reunião ocorreu na manhã desta quinta-feira (15), quando o Instituto propôs ao TJAP parceria em projetos de geração de empregos e valorização da cultura local.

institutoshelter (7).jpgA Cel. Palmira explicou que “o Instituto Shelter desenvolve soluções inteligentes por meio de estudos e pesquisas viáveis para a preservação e conservação das matas, rios, florestas e parques da Amazônia Legal”. A coordenadora de projetos disse que “esse projeto é autossustentável, mas precisa ser abraçado por instituições que possam garantir sua iniciação e continuidade”.

O presidente do TJAP, desembargador João Lages, vislumbra na oportunidade de parceria mais uma possibilidade de contribuir com a desjudicialização no Poder Judiciário. “O Tribunal de Justiça do Amapá não vive só de processos, mas também de projetos sociais, por meio dos quais atuamos na prevenção dos conflitos, reduzindo as demandas judiciais”, esclareceu o magistrado.

institutoshelter (2).jpgA parceria nasce em um importante momento de fortes relações de crescimento econômico e turístico entre Brasil e França, devido à fronteira da Guiana Francesa com o Amapá. O futuro comércio de viagens aéreas e terrestres entre as duas regiões traz a previsão de um ciclo de consumo maior para turistas, o que requer mais opções de lazer saudável com posicionamento ecológico e ambiental. A União Europeia tem constantemente alertado o Brasil e o Mercosul nas últimas semanas sobre a preservação ambiental da Amazônia, o que torna urgente o incentivo a projetos de preservação ambiental e ecoturismo na região.

 

SebraeHeader01
você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...