Gove Header

Prefeitura diz que já orientou e agora vai autuar quem descumprir regras da reabertura

Titular da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Márcio Pimentel, diz em entrevista no rádio que incidentes e abusos da semana passada serão coibidos.

Cleber Barbosa, da Redação

Márcio Pimentel, secretário do Meio Ambiente de Macapá, foi ao rádio no fim da semana para falar sobre problemas registrados após a reabertura de bares e restaurantes da capital, com a flexibilização da quarentena. Disse que num primeiro momento, as fiscalizações foram mais de cunho educativo, mas que agora o município deverá autuar e multar quem não respeitar as limitações impostas pelo poder público.

Falando ao programa LuizMeloEntrevista, na Diário FM (90,9) ele disse que as exigências valem não apenas para os proprietários dos empreendimentos, mas também para os clientes, o cidadão comum. “Houve casos em que a nossa fiscalização constatou que os donos de bares solicitavam aos clientes o uso da máscara e estes simplesmente se recusavam, porém eles também têm a autonomia de se recusar a vender a bebida caso o cliente não queira cumprir o que diz a regra”, pondera Pimentel.

O representante da PMM também afirmou que no próximo final de semana a fiscalização será ainda mais ostensiva, visitando estabelecimentos que ainda não foram fiscalizados, nestes casos ainda em caráter educativo. Mas para aqueles já vistoriados e que forem flagrados reincidindo nas práticas contra as normas sanitárias e de saúde pública o tratamento será de lavrar o respectivo auto de infração e alguns poderão até ser interditados.

Por fim, o titular da Secretaria do Meio Ambiente diz que o rigor também será observado junto aos consumidores e clientes destes estabelecimentos. “Vamos cobrar a questão do uso da máscara e do distanciamento entre mesas e cadeiras, como diz a legislação”, ponderou.

Esportes

A fiscalização também promete atender às inúmeras denúncias e reclamações sobre a prática de atividades físicas e esportivas na orla da cidade, praças e outros logradouros, como as caminhadas e corridas de rua. A Guarda Municipal estará fiscalizando essas atividades e mesmo sabendo que as atividades ao ar livre contaminam menos que aquelas em lugares fechados, há o risco e a própria legislação já prevê as obrigações dos munícipes, inclusive com as respectivas punições, como o pagamento de multa.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...