- Publicidade -

Prefeitura contrata 108 profissionais de saúde para combate à Pandemia em Macapá

Em entrevista no rádio, secretário de gestão da PMM, Carlos Michel, recepciona os aprovados no processo seletivo e não descarta a contratação de mais técnicos pela Prefeitura.

Cleber Barbosa, da Redação

O secretário municipal Carlos Michel, de Gestão da Prefeitura de Macapá, falou nesta segunda-feira (04) sobre o resultado do processo seletivo simplificado de contratação de profissionais de saúde para o combate à pandemia. Divulgado no fim de semana, o processo já convocou 108 candidatos aprovados para assinar contrato com o município e se começar a trabalhar.

Ele concedeu entrevista por videochamada para o programa LuizMeloEntrevista, na rádio Diário FM (90,9) do local de apresentação dos candidatos aprovados, na Escola Municipal Hildemar Maia. Todos foram colocados em área arejada, guardando distanciamentos mínimos e com o uso de equipamentos de proteção individual.

Pela parte da manhã, foram recepcionados para assinar os contratos temporários de trabalho os profissionais de nível superior, nos cargos de enfermeiros, biomédicos e farmacêuticos. “Na parte da tarde serão os demais de nível técnico, como laboratorialistas, técnicos em enfermagem e os condutores de ambulância”, detalhou.

Documentação

Carlos Michel lembrou ainda que o dia também serve para que todas as informações constantes no currículo dos candidatos sejam devidamente comprovadas com a apresentação da devida documentação comprobatória. “O profissional precisa apresentar os documentos originais e fotocópias, para que assim possa assinar o contrato com a Prefeitura de Macapá hoje, passar por um treinamento amanhã e já no dia 6, na quarta-feira, já ingressar na nossa rotina nesse combate ao Covid-19”, disse.

O representante da PMM lembrou que essa é uma contratação inicial e que outras podem ocorrer, dada a dinâmica e as estratégias de enfrentamento à Pandemia. Todos os profissionais ora contratados irão atuar na linha de frente de combate à doença em Macapá, sendo distribuídos nas unidades de saúde vinculadas ao combate do Covid-19.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...