- Publicidade -

- Publicidade -

PMS sanciona lei de reajuste salarial de 16,62% aos profissionais da educação

O reajuste do magistério foi para 49,93% e dos auxiliares educacionais, 57,44%.

Da Redação

Nesta quinta-feira, 12, o Prefeito de Santana, Bala Rocha, cumprindo com a política salarial de valorização dos servidores, sancionou a lei municipal que concede reajuste mediante recomposição salarial aos grupos do magistério, auxiliares educacionais e apoio especializado no percentual de 16,62%, incidentes sobre o vencimento base atual.

“Quando a gente valoriza o servidor da educação, estamos visando à melhoria do ensino e lutando para que as crianças sejam alfabetizadas na idade certa, tendo domínio da língua portuguesa e da matemática”, declarou o prefeito.

Estiveram presentes no ato solene representantes da Câmara Municipal de Santana, do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (CACS/FUNDEB), do Sindicato dos Servidores Municipais de Santana (SSMS), do Sindicato dos Servidores Públicos do Amapá (SINSEPEAP) e do Conselho Permanente de Gestão da Carreira (CPGC).

Com o reajuste de 16,62%, em maio de 2022, somado aos reajustes de 28,56%, concedidos em janeiro deste ano para o magistério, e 35% aos auxiliares educacionais, a gestão municipal terá concedido valorização salarial na remuneração dos profissionais do magistério e auxiliares educacionais, os percentuais totais reais de 49,93% e 57,44%, respectivamente, em relação ao salário de dezembro.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...