Parlamentares destacam a importância do financiamento climático para Amazônia

Os debates ocorreram no espaço destinado aos estados da Amazônia na agenda do Consórcio Amazônia Legal da COP 27.

Da Redação

As deputadas Cristina Almeida e Telma Gurgel acompanharam o pronunciamento do governador do Pará, Helder Barbalho, na 27ª Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP 27) dentro do painel “Financiamento climático: o papel da cooperação internacional para o desenvolvimento de baixas emissões na Amazônia”.

Os debates ocorreram no espaço destinado aos estados da Amazônia na agenda do Consórcio Amazônia Legal da COP 27, realizada este ano em Sharm El Sheikh, no Egito.

No painel, foi destacado a importância do financiamento climático para aceleração do desenvolvimento de baixo carbono na Amazônia Brasileira. Helder Barbalho também falou sobre os desafios do Consórcio em frear os problemas ambientais mais urgentes.

O Fundo da Amazônia Oriental (FAO) liderado pelo governador do Pará, Helder Barbalho, foi apresentado para a comunidade internacional o Fundo da Amazônia Oriental (FAO), mecanismo privado de financiamento para implementação do Plano Estadual Amazônia Agora (PEAA).

O encontro foi na área Hub Amazônia. A COP 27 tem como tema “Juntos para a implementação” e ocorre no período de 6 a 18 de novembro, na cidade de Sharm El-Sheikh, no Egito. As parlamentares amapaenses compõem a equipe do Governo do Amapá no evento. As legisladoras entendem a necessidade de olhar para o Brasil, para a Amazônia, para frear os impactos causados pela emissão dos gases de efeito estufa e outras formas de degradação da natureza.

O FAO foi apresentado como uma opção séria e de credibilidade durante o evento. O Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) é responsável pela gestão do FAO, que envolve atividades de execução financeira, prestação de contas e também captação, e possui a meta de arrecadação de R$ 300 milhões até 2025.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...