Gove Header

Operação Saturação atua em pontos estratégicos mapeados pelo serviço de inteligência

Mais de 200 agentes de segurança foram para as ruas no fim de semana, com policiamento ostensivo e preventivo.

Da Redação

A Polícia Militar do Amapá (PM/AP) dá continuidade no sábado, 25, e domingo, 26, à Operação Saturação, que iniciou em 16 setembro com o objetivo de reprimir e prevenir eventos criminosos por meio do policiamento preventivo e ostensivo.

Em Macapá, os serviços se concentraram em pontos estratégicos apontados pelos serviços de inteligência. Também foram montadas barreiras de trânsito diferentes locais da cidade.

De acordo com o oficial superior do dia, tenente-coronel Costa Júnior, os trabalhos ocorrem de forma integrada e envolvem diversos órgãos da segurança estaduais, federais e municipais.

“São trabalhos em diversas fases nesta operação, ou seja, no período do dia efetuamos uma espécie de serviço e no turno da noite temos um efetivo maior e com a participação de órgãos com a PRF, CTMac e Guarda Municipal, assim temos uma maior abrangência de atuação”, destacou.

A força-tarefa conta com mais de 200 agentes da segurança pública e 42 viaturas.

Policiais atuam em áreas mapeadas pelo serviço de inteligência do governo do estado. No sábado, 25, houve policiamento ostensivo no Conjunto Habitacional Macapaba. Até a noite de domingo, 26, duas ocorrências de natureza grave foram registradas na capital.

Trânsito

No decorrer da operação, foram montadas blitzs em vários pontos da capital para coibir ações criminosas e fiscalizar condução sob efeito de álcool. Em uma das barreiras, na zona norte, um homem foi identificado com mandado de prisão em aberto e  conduzido ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp).

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...