- Publicidade -

- Publicidade -

Obras de passarelas em concreto na Ilha de Santana chegam a 60% de conclusão

Com mais de 540 metros de extensão, passarelas com a atual tecnologia construtiva são mais duráveis, resistentes e seguras para a população.

Da Redação

O Governo do Estado já concluiu cerca de 60% das passarelas de concreto armado na Ilha de Santana, mais uma obra de mobilidade urbana para o segundo município mais populoso do estado.

A estrutura na Ilha de Santana tem mais de 540 metros de extensão e 2 metros de largura, além de um guarda-corpo com 1,10 metros de altura projetado para a maior segurança de quem transita pela via. O trecho em obras fica na rua Ulisses Guimarães, importante via que interliga as áreas alta e baixa da ilha.

A Secretaria de Infraestrutura (Seinf) é a responsável pelo projeto e as intervenções no local. Os recursos são de R$957 mil, com emenda da deputada federal Marcivânia Flexa e contrapartida do governo estadual.

A nova estrutura começou a ser construída em fevereiro deste ano e tem para julho a previsão de conclusão da obra.

A comunidade já sente os benefícios. Pessoas como Celino Fonseca, que além de ter a passarela como via de acesso à sua casa, também é um dos beneficiados pelos mais de 50 empregos diretos e indiretos gerados pela construção.

“Graças a Deus fomos contemplados por essa obra, que pra mim também trouxe emprego. A felicidade é ainda maior porque agora em julho [26, dia de Sant’Ana] teremos pela primeira vez a romaria da nossa padroeira aqui nessa passarela”, celebrou Fonseca.

Alegria que é compartilhada por Maria do Socorro, que também é moradora da área beneficiada pelas obras. A santanense ressalta a maior durabilidade da nova estrutura: o concreto armado é mais durável, resistente e seguro para a população.

“Antes a ponte de madeira quebrava, durava menos e podia causar acidentes, agora não vamos ter mais esse problema. A passarela é uma felicidade imensa para todos nós, então fica o convite para que venham visitar a nossa ilha”, exaltou.

Plano de Mobilidade

Desde 2015, já foram executados serviços de mobilidade urbana em mais de 195 quilômetros de vias em todo o Amapá. Os investimentos ultrapassam R$ 205 milhões do Plano Estadual de Mobilidade Urbana.

Somente o município de Santana foi beneficiado com 47,5 quilômetros em mobilidade urbana; outros 37km estão previstos na segunda etapa do projeto, que está em execução. Nesta nova fase, serão investidos R$ 13 milhões do Tesouro Estadual, além de recursos da Bancada Federal articulados pelo senador Davi Alcolumbre.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...