Gove Header

Nova variante do vírus levou ao agravamento da pandemia, diz coordenador da SVS no Amapá

Dorinaldo Malafaia vai ao rádio e apela para que a população ajude no combate à disseminação da nova cepa do Covid-19 no estado.

Cleber Barbosa, da Redação

O coordenador estadual da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS), enfermeiro Dorinaldo Malafaia, foi ao rádio neste sábado (20) fazer um apelo para que a população continue colaborando com o distanciamento social, pois o agravamento da situação epidemiológica no Amapá se deu exatamente pela circulação da nova variante do Covid-19 e as características da nova cepa – considerada mais agressiva e virulenta.

Falando ao programa Togas&Becas, o representante do estado falou sobre o porquê de o estado precisar adotar medidas mais rígidas. “Estamos numa fase crítica, pois a agressividade do vírus é muito maior agora por conta da variante, já que a mutação que houve com ele aconteceu porque as pessoas aglomeraram mais, e as pessoas juntas dão capacidade para o vírus se desenvolver e se especializar digamos assim, pois fica mais forte, vai se adaptando e criando as variantes”, explicou.

Malafaia disse também que o comitê científico de enfrentamento à pandemia tem a informação de que no sul do estado, na região do Vale do Jari, há uma quantidade muito grande de vírus circulante daí termos deslocado para lá uma grande estrutura com UTI aérea, oxigênio. “Em três dias as UTI’s foram ocupadas com mais de 16 pacientes, então a suspeita de que a nova variante estava lá foi confirmada ontem [sexta-feira] com o resultado do [Instituto] Evandro Chagas, por isso que a gente percebe a aceleração dos casos de internação”, ponderou.

Por fim, o coordenador da SVS alertou que os quadros de gripe leve e coriza, que costumam ser verificados em pacientes acometidos pela nova cepa, se agrava em dois dias, portanto muito rapidamente requer um leito clínico ou de UTI, portanto é muito rápido o processo de infecção, não se assemelhando ao que era narrado na primeira onda da pandemia pelos pacientes e constatado por médicos e cientistas.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...