Gove Header

Com navio reflutuado, resgate localiza cinco corpos no interior do Anna Karoline III

Número de vítimas fatais sobe para 39 e, ao todo, foram resgatadas 51 pessoas com vida, entre passageiros e tripulantes; falta varredura em porões e sala de máquinas. 

O Governo do Amapá cumpriu mais uma etapa da operação de reflutuação do navio naufragado há um mês no sul do estado. Em conjunto com a Marinha do Brasil (MB), por intermédio da Capitania dos Portos do Amapá (CPAP), foi realizada durante todo o dia de hoje (5), a chamada varredura da embarcação “Anna Karoline III”, em que foram encontrados cinco corpos dentro dos compartimentos acessados. Segundo o Comando do Corpo de Bombeiros Militares do Amapá, o quantitativo de vítimas fatais subiu para 39 e, ao todo, foram resgatadas 51 pessoas com vida, entre passageiros e tripulantes.

As equipes irão retomar, nesta segunda-feira (6), o processo de esgotamento de alguns compartimentos como a praça de máquinas e o porão, prosseguindo com as buscas por possíveis desaparecidos. Os órgãos envolvidos nas investigações já iniciaram os procedimentos de perícia da embarcação.

Em nota, a Marinha reforça que está acompanhando rigorosamente todas as etapas previstas no Plano de Reflutuação da embarcação, bem como está em estreita coordenação com os órgãos e empresas envolvidos na operação, no intuito de solucionar o ocorrido com a maior brevidade possível, obedecendo normas e procedimentos de segurança, priorizando a mitigação de riscos à poluição e navegação.

Resgate

Com o cumprimento da retirada de peso do navio Anna Karoline III, o plano de reflutuação entrou em uma nova etapa na sexta-feira (3). Equipes então buscaram estabilizar a embarcação no rio para perícia. A embarcação foi verticalizada, assim a força-tarefa concentra-se na drenagem dos porões e nas condições de estabilidade para que a estrutura possa flutuar sem o auxílio de guindastes.

Após todo esse processo, uma varredura será finalizada nos compartimentos atualmente submersos, em busca de mais vítimas. Uma perícia também será realizada para a conclusão do inquérito do acidente. Coordenada pelo Comitê de Gerenciamento de Crise do Estado, toda a operação conta com o suporte do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Marinha e das polícias Militar (PM) e Civil.

Serviço emergencial

Diante da omissão dos proprietários do Anna Karoline III, o Governo do Amapá realizou a contratação emergencial de uma empresa para a reflutuação do navio. O valor do contrato é de R$ 2,4 milhões. O Executivo irá pedir o ressarcimento na Justiça.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...