Gove Header

MP-AP promove ações de saúde na Promotoria de Santana em alusão à campanha “Setembro Amarelo”

A valorização da vida, empatia e bem-estar foram as pautas principais das atividades desenvolvidas na Promotoria de Justiça de Santana para membros, servidores estagiários, aprendizes e terceirizados.

Da Redação

Na última quarta-feira (28), o Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da Equipe de Saúde Ocupacional e Qualidade de Vida, em parceria com o Núcleo de Reabilitação da Unimed FAMA, SESI/AP e Clínica Casulo, promoveu uma Ação de Saúde, marcando o encerramento do “Setembro Amarelo”. A valorização da vida, empatia e bem-estar foram as pautas principais das atividades desenvolvidas na Promotoria de Justiça de Santana para membros, servidores estagiários, aprendizes e terceirizados.

No auditório da Promotoria foi realizada a palestra “Florescer é uma Jornada”, ministrada pelos psicólogos Alex Gaia, Elizabeth Aguiar e Camila Siqueira, todos da Unimed FAMA, na qual destacaram os sinais de alerta para prevenção do suicídio, além de interagirem e tirarem dúvidas dos participantes.

A servidora Tamara Aragão falou da importância de sermos gentis e empáticos com todos que estão ao nosso redor, compreendendo a empatia não como a ideia de se colocar no lugar do outro – dada a impossibilidade de isso acontecer-, mas no sentido de que o outro é o outro, tem outras histórias, outras inabilidades, outras competências, outras frustrações, experimentou outras coisas e carrega outras dores que jamais alcançaremos.

“Há uma necessidade de sermos menos alheios a esse problema do suicídio, pois o que julgamos estar distante de nós pode estar bem mais perto do que imaginamos. É importante estarmos mais presentes na vida daqueles que amamos, de sermos gentis com quem não conhecemos, de sermos mais acolhimento com todos, assim como desenvolver a escuta ativa e a cultura do não julgamento. Por melhor intencionados que estejamos, cabe a nós, somente, acolher e respeitar uma dor que não é nossa”, afirmou.

O Psicólogo Alex Gaia finalizou as interações deixando uma frase que disse trazer consigo desde os tempos de faculdade para reflexão de todos: “A mente é um instrumento. Aprenda a ser o mestre dela e não o seu escravo (autor desconhecido)”.

Além da palestra foram ofertados aos participantes, por meio de fisioterapeutas e profissionais da Unimed FAMA, SESI/AP e Clínica Casulo, serviços de massoterapia, ventosa, relaxamento, consulta médica ocupacional, Spa de pés e mãos, alongamento ocupacional, bem como acolhimento e escutas psicológicas.

No mesmo dia, a equipe de Saúde ocupacional, com apoio das recepcionistas terceirizadas, distribuíram em todas as unidades do MP-AP de Macapá e Santana a Cartilha “Vamos Conhecer o Suicídio” – que contêm orientações básicas para a prevenção e enfrentamento ao suicídio, elaborado pela Comissão da Criança e Adolescente e da Assistência Social da Assembleia Legislativa – 2019/2023 – (álbum de fotos – Clique aqui).

Campanha “Setembro Amarelo”

A campanha “Setembro Amarelo” foi concebida pela Associação Brasileira de Psiquiatria em 2014, com a parceria do Conselho Federal de Medicina. No Brasil, são registrados mais de 13 mil suicídios por ano, sendo que cerca de 98% dos casos estão relacionados a transtornos mentais.
O Ministério Público do Amapá tem aderido a todas as edições da campanha, intensificando suas ações em prol da saúde mental nesta época do ano, interna e externamente.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...