Gove Header

MP-AP e Delegacia da Mulher de Santana fazem ação para garantir medidas protetivas

Nas casas, as mulheres que buscaram atendimento jurídico, responderam a um pequeno questionário, onde puderam relatar o quadro atual.

Da Redação 

Nesta segunda-feira (14), o Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da Promotoria de Defesa da Mulher de Santana, participou da força tarefa junto aos policiais civis e delegados da Delegacia de Defesa da Mulher da cidade, para verificar o cumprimento de Medidas Protetivas, decretadas em razão de crimes de violência contra a mulher.

Os servidores e colaboradores do MP-AP, em Santana, o sargento da Polícia Militar José Borges, o Policial Arruda, servidor Franck Emerson e a assessora Jurídica da Promotoria, Helen Cristina Jorge, fizeram diligências pela cidade, em busca dos endereços das vítimas de violência doméstica, atendidas na delegacia e pelo próprio MP, que estão resguardadas por medidas protetivas.

Em outra frente, os delegados Edmilson Ferreira e Áurea Uchôa, mais agentes da Delegacia de Defesa da Mulher da cidade, realizaram as mesmas abordagens em outros bairros da cidade. Nas casas, as mulheres que buscaram atendimento jurídico, responderam a um pequeno questionário, onde puderam relatar o quadro atual, para saber se houve mais violência ou se o agressor está cumprindo a medida, que consiste, especialmente, em manter distância da vítima.

A ação será realizada novamente terça-feira (15) e deve virar rotina nas atividades da Promotoria e Delegacia da Mulher. “Não basta decretar a medida protetiva. É preciso verificar e assegurar que essa mulher não esteja sofrendo novos atos de violência. Resolvemos fazer essa busca ativa e o resultado foi extremamente positivo”, avaliou a assessora jurídica Helen Jorge.

Em uma das residências, localizada no bairro provedor I, foi possível constatar a satisfação da proprietária da casa ao receber a equipe do MP e PC. “Me sinto mais segura e protegida, ainda mais sabendo que podemos contar com esse apoio”, disse.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...