Gove Header

MP-AP e Ambacs realizaram a última Escuta Psicológica Itinerante de 2021

Os promotores da Saúde, Fábia Nilci e Wueber Penafort, avaliaram como positiva a ação realizada neste mês de programação voltada para a prevenção ao suicídio.

Da Redação

Neste sábado (25), a Escuta Psicológica Itinerante, atividade do projeto “Atuação pela Vida”, foi realizada na Unidade Básica de Saúde (UBS) Álvaro Corrêa, no bairro São Lázaro, Zona Norte de Macapá. A iniciativa é coordenada pela Promotoria de Defesa da Saúde, com o apoio da Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), em parceria com o Ambulatório de Atenção à Crise Suicida da Universidade Federal do Amapá (Ambacs/Unifap) e apoio da Prefeitura de Macapá (PMM), e tem como objetivo o cuidado permanente com a saúde mental e prevenção ao suicídio.

A ação ocorreu em Unidades Básicas de Saúde – UBSs localizadas em bairros estratégicos, contemplando todas as zonas urbanas da capital amapaense, sempre aos sábados, no horário de 8 às 12h, reforçando as ações do “Setembro Amarelo” – de acolhimento às pessoas que se percebem tristes com sintomas de ideação suicida ou à automutilação, a fim de que seja feito um pré-diagnóstico e, caso necessário, o devido encaminhamento à rede de apoio, além de tirar dúvidas e falar de suas emoções.

“Hoje é o nosso último plantão do mês de setembro e nós, MP-AP e Ambacs, vamos conversar para continuar com as escutas nos meses de outubro e novembro. A gente observa cada vez mais as pessoas procurando esse tipo de serviço, que é o reflexo de todo uma situação de sofrimento que envolve a pandemia e a própria existência humana”, ressaltou o coordenador da Ambacs, Washington Brandão.

Uma senhora buscou o atendimento visando orientação para se curar do alcoolismo. Disse que a filha soube que haveria atendimento psicológico na Unidade de Saúde próxima de sua casa e a incentivou. “Eu precisei buscar ajuda dos psicólogos porque quero reconstruir minha família, para ficar unida novamente”, afirmou a moradora do São Lázaro.

Os promotores da Saúde, Fábia Nilci e Wueber Penafort, avaliaram como positiva a ação realizada neste mês de programação voltada para a prevenção ao suicídio.

“É um projeto que já vem sendo desenvolvido há bastante tempo e sempre trazendo resultados positivos, com as pessoas procurando o serviço, especialmente nesse período pós pandemia. Como o Amapá desponta com um dos estados do país com grande registro de suicídio, então estamos trabalhamos nesse sentido de reduzir esses índices, proporcionando atendimento especializado”, pontuou Wueber Penafort.

Fábia Nilci avaliou que foi muito produtiva a decisão de trazer as Escutas Psicológicas nessa itinerância de 2021 para dentro das UBSs porque a comunidade já tem o espaço como referência e faz com que se sintam mais à vontade para procurar esse tipo de atendimento especializado.

“O projeto Atuação pela Vida vem cumprindo seu objetivo. Esta é só uma das etapas, pois temos ainda a sensibilização, por meio de palestras, e há necessidade de fazer mais capacitações com os servidores da educação, da saúde e do serviço social, para qualificar esses profissionais para que possam identificar os sinais e acolher. Então, podemos acrescentar mais, além do que já foi alcançado”, destacou a promotora de Defesa da Saúde.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...