Gove Header

MP-AP compartilha boas práticas de seus Centros de Apoio Operacional com MP Roraima

O objetivo do encontro foi para que o órgão ministerial roraimense conhecesse as iniciativas de sucesso  desenvolvidas pelos CAO's amapaenses.

Da Redação

Na segunda-feira (12), a procuradora-geral do do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Ivana Cei, acompanhada da procuradora de Justiça  e titular da Coordenadoria-Geral dos Centros de Apoio Operacional (CGCAO), Judith Teles e coordenadores dos Centros de Apoio Operacional (CAO’s) do MP-AP, reuniu-se, de forma híbrida – presencial e virtual – com a procuradora-Geral de Justiça do Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR), Janaína Carneiro Costa e com o diretor do Centro de Apoio Operacional às Procuradorias e Promotorias de Justiça do MPRR, promotor de Justiça Luís Carlos Leitão Lima. O objetivo do encontro foi para que o órgão ministerial roraimense conhecesse as iniciativas de sucesso  desenvolvidas pelos CAO’s amapaenses.

O encontro foi aberto pela PGJ do MP-AP, que deu boas vindas a todos os presentes. Em suas respectivas falas, a procuradora-geral do MPRR e diretor do órgão ministerial roraimense elogiaram a gestão do Ministério Público do Amapá e ressaltaram que estão interessados em aprender as boas práticas dos CAO’s amapaense para implementar na instituição que dirigem. Por sua vez, a procuradora Judith Teles, fez uma breve explanação sobre o trabalho integrado entre as unidades, sempre com consenso entre as mesmas.

Sobre os CAO’s

Além das promotorias de Justiça, o MP dispõe de dez Centros de Apoio Operacional (CAO’s), que auxiliam os promotores de Justiça em suas respectivas atividades. As ações dos CAO’s estão vinculadas ao Planejamento Estratégico do MP-AP. Essas atividades vão desde escutas públicas, palestras, publicações, seminários, simpósios, entre outros.

Apresentações

O pedagogo  Fábio Brito, servidor do CAO Infância e colaborador do CGCAO, fez uma explicação sobre as criações dos CAO’s e metodologias dos Centros, bem como suas atribuições. Ele fez uma apresentação contextualizada entre demandas e iniciativas fortalecendo ações do MP-AP para garantir políticas públicas que garantam direitos dos cidadãos.

Os CAO’s da Cidadania e Saúde, enviaram seus conteúdos, que foram explanados também pelo pedagogo  Fábio Brito.

O coordenador do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude, que foi o primeiro Centro de Apoio criado, promotor de Justiça Miguel Ferreira, discorreu sobre o CAO coordenado por ele. Essa apresentação contou com a colaboração da servidora Séfora Rola, que apontou bons resultados e experiências dos 15 anos de atuação desta unidade.

Na sequência, os coordenadores dos CAO’s Ambiental, Mulher, Educação, Moralidade Administrativa, Eleitoral e da Ordem Tributária, promotores de Justiça Fábia Regina, Alessandra Moro, Roberto Alvares, Anderson Batista, Ricardo Crispino e Iaci Pelaes, fizeram apresentações sobre ações eficazes que deram certo ou boas práticas dos Centro de Apoios coordenados por eles.

O CAO Criminal, coordenado pelo promotor de Justiça Ubirajara Éphina, foi representado pela servidora Gleucy Oliveira, que discorreu sobre as ações daquela unidade.

Ainda durante o encontro, o gerente de Divisão de Gestão Estratégica do Departamento de Planejamento do MP-AP, Éder Quintas, pontuou o trabalho de pesquisa feito ao longo dos anos em todos os municípios, que norteou o Planejamento Estratégico do MP-AP e resulta em ações resolutivas para a sociedade, com a ajuda dos Centros de Apoio Operacional, que atua no suporte das Promotorias de Justiça.

Agradecimento, elogio e interesse

Ao final, o diretor do Centro de Apoio Operacional às Procuradorias e Promotorias de Justiça do MPRR, parabenizou os membros e servidores pelas apresentações e agradeceu a boa vontade de todos. O promotor de Justiça de Roraima, Luís Carlos Leitão Lima, também enfatizou que,  com o apoio já sinalizado pela PGJ Janaína Carneiro Costa, está muito interessado em levar para Roraima alguns dos programas muito bem desenvolvidos pelo MP-AP.

Por sua vez, a coordenadora do CGCAO agradeceu a presença e empenho de todos os presentes na reunião. Judith Teles se colocou à disposição dos membros do MPRR para o compartilhamento das boas práticas do CAO’s do MP-AP.

Também participaram da reunião o coordenador do Centro de Apoio Operacional da Saúde, promotor de Justiça Weber Penafort; a promotora de Justiça Fábia Nilci e os servidores que atuam nos CAO’s.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...