Gove Header

MP-AP acompanha eleição para o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Amapá

Os eleitos para a presidência e vice-presidência foram os conselheiros Oberdan de Lima (Fcria) e Naná Barata (Cress), respectivamente.

Da Redação

O Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da Promotoria da Infância de Macapá, acompanhou, nesta sexta-feira (23), de forma virtual, a Eleição para a nova mesa diretora do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA/AP) para o biênio 2021/2023. Durante o pleito, ocorrido eletronicamente por conta das normas de prevenção ao contágio da Covid-19, foram eleitos o presidente e vice-presidente do CEDCA/AP, votados conselheiros de associações de classes civis e representantes de instituições governamentais.

O MP-AP foi representado pelo promotor de Justiça substituto, Hélio Furtado, Os trabalhos foram conduzidos pela presidente do CEDCA/AP, Marineide Almeida, que também é conselheira pela Federação Espírita do Amapá (Feap). Os conselheiros das entidades que votaram na eleição foram:

Fundação Jari, Deyriane Saboia; da Rede de Enfrentamento à Exploração e Abuso Sexual contra Criança e Adolescente do Vale do Jari (Reaja), Ângela Souza; Associação de Pais e Amigos Autistas do Amapá (AMA-AP), Jani Capiberibe; Secretaria de Estado da Inclusão de Mobilização Social (Sims), Oberdan de Lima; Conselho Regional do Serviço Social do Amapá (Cress), Naná Barata; Conselho Regional de Psicologia 10ª Regional Pará/Amapá (CRP 10), Denise Gazel; Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Andrea Torres; Fundação da Criança e Adolescente (Fcria), Igor Pereira e Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Cristiane Silva.

Os eleitos para a presidência e vice-presidência foram os conselheiros Oberdan de Lima (Fcria) e Naná Barata (Cress), respectivamente. A posse dos novos dirigentes do CEDCA/AP está prevista para a próxima sexta-feira (30).

O promotor de Justiça ressaltou que o MP-AP estará sempre aberto para colaborar com as ações que resultem no fortalecimento do controle social e ampliação da democracia na sociedade, como o CEDCA/AP.

“O MP-AP está à disposição para o auxílio na formulação de políticas públicas e orientação para ações do Conselho. O Ministério Público tem como missão institucional a defesa dos direitos da criança e dos adolescentes, ou seja, um parceiro do CEDCA/AP em todas as frentes, seja como orientador ou fazendo as requisições junto aos órgãos públicos. Pois nós buscamos aqui o bem comum. Parabenizo os eleitos e faço votos de uma gestão efetiva”, frisou Hélio Furtado.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...