Gove Header

Membros e técnicos do TCE do Amapá conhecem tecnologias utilizadas no TCE do Espírito Santo

O Observatório de Desempenho Institucional (ODI), painel que integra o sistema e-tcees, foi um destaque entre os temas abordados.

Da Redação

Acompanhar e monitorar em tempo real os processos que tramitam nos Tribunais de Contas já é possível. A tecnologia vem sendo utilizada pelo Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE-ES) e foi apresentado a membros e técnicos do Tribunal de Contas do Amapá, na quinta e sexta-feira (7 e 8), durante visita institucional.

O Observatório de Desempenho Institucional (ODI), painel que integra o sistema e-tcees, foi um destaque entre os temas abordados. A ferramenta permite o acompanhamento, monitoramento e avaliação do fluxo de processos que tramitam no TCE do Espírito Santo, possibilitando verificar o cumprimento de prazos estabelecidos. O painel traz as informações em gráficos e cores, permitindo um melhor acompanhamento. “É importante ter métrica. Mas mais importante é ter capacidade de monitorar em tempo real e ter medição visual que permita dar visibilidade aos trabalhos do Tribunal. Essa visualização por todos faz toda a diferença. Dá transparência e estimula as pessoas, gerando um círculo virtuoso para o alcance do resultado”, pontuou Rodrigo Coelho do Carmo, conselheiro-corregedor da Corte capixaba.

Avanços tecnológicos

As funcionalidades do sistema e-tcees, o funcionamento da sessão virtual e o Painel de Controle também foram apresentados à equipe do TCE amapaense. O e-TCEES é um sistema de gestão interna com importantes funcionalidades, como a sessão virtual, o acesso à jurisprudência e o processo eletrônico. Os painéis de gestão, painel de controle (para estimular o controle social) e a jurisprudência selecionada (sistematização da jurisprudência) também foram detalhados durante a visita.

O corregedor do TCE-AP, conselheiro Regildo Wanderley Salomão, agradeceu pelas explicações e destacou que as boas práticas executadas pelos Tribunais de Contas inspiram a Corte de Contas amapaense a buscar sempre novos avanços.

O presidente do TCE-AP, conselheiro Michel Houat Harb, também agradeceu pela oportunidade de conhecer detalhadamente o trabalho do TCE do Espírito Santo, e disse que saiu engradecido e entusiasmado com as práticas capixabas. “Saímos engrandecidos, aumentando nosso conhecimento, levando para o Amapá a expertise do Espírito Santo, o que com certeza vai fazer com que nosso trabalho seja mais célere, e a gente preste um serviço de melhor qualidade à sociedade”, afirmou.

Pelo TCE do Amapá, também participaram da reunião o secretário-geral de sessões, Damilton Barbosa Salomão, o Diretor de TI, Marcus Pinheiro de Santana, o chefe de gabinete Ademar Diniz e o técnico Josiel Fernandes da Silva.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...