Gove Header INFORME 3

MP-AP preside posse do Conselho Nacional de Ouvidores do Ministério Público

A honraria foi criada para agraciar aqueles que se destacaram no aprimoramento das atividades desenvolvidas pelo Conselho e consequentemente no exercício da democracia.

Da Redação

O promotor de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Paulo Celso Ramos, presidiu a Reunião do Conselho Nacional de Ouvidores do Ministério Público dos Estados e da União (CNOMP) que deu posse à nova Diretoria, para o anuênio 2022/2023. A solenidade de recondução da ouvidora do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para presidente do Colegiado, Selma Magda Barreto, realizada na quinta-feira (12), no Centro Cultural Rossini Alves Couto, em Recife-PE, foi prestigiada pelo ouvidor do MP-AP, promotor de Justiça Marcelo Moreira.

Paulo Celso Ramos foi ouvidor do Ministério Público do Amapá, no período de 2020/2022. No final da solenidade, a presidente empossada conferiu ao ex-vice-presidente do CNOMP a comenda pelas atividades executadas junto ao Conselho. A honraria foi criada para agraciar aqueles que se destacaram no aprimoramento das atividades desenvolvidas pelo Conselho e consequentemente no exercício da democracia.

O ouvidor do MP-AP, Marcelo Moreira, parabenizou o colega do órgão ministerial amapaense por ter se destacado nacionalmente e contribuído para o fortalecimento das Ouvidorias do Ministério Público brasileiro.

Por sua vez, Paulo Celso ressaltou a grande honra de compor a diretoria do Conselho Nacional de Ouvidores, bem como ser motivo de orgulho para a Ouvidoria do MP-AP, que, seguidamente, vem ocupando lugar de destaque no cenário nacional, fato este que serve de motivação para o exercício de tão importante mister. E, ainda, agradeceu a confiança depositada pelos ouvidores que representam o Ministério Público brasileiro e o reconhecimento do seu trabalho.

“Foi uma grande honra presidir a Reunião de Posse da nova diretoria do Conselho Nacional de Ouvidores do Ministério Público dos Estados e da União. “Estou feliz com a comenda recebida do CNOMP pela minha atuação como ouvidor do MP-AP e vice-presidente do CNOMP. Desejo sucesso a todos os empossados neste novo desafio e agradeço a oportunidade de somar para o fortalecimento das Ouvidorias do MP Nacional”, comentou Paulo Celso Ramos.

Autoridades presentes

Além das autoridades citadas, compareceram ao evento: O PGJ do MPPE, Paulo Augusto Freitas; secretário-geral do órgão ministerial pernambucano, promotor de Justiça Maviael de Souza Silva; o ouvidor do MP de Santa Catarina, procurador de Justiça Paulo Cezar de Oliveira; a subprocuradora-geral do Trabalho e ouvidora do Ministério Público do Trabalho, Heloísa Pires; o ouvidor do Ministério Público do Estado do Pará, Adélio dos Santos; a ouvidora do Ministério Público do Estado do Amazonas, procuradora de Justiça Jussara Silva; ouvidora do MP Roraima, promotora de Justiça Andréa Engel; o ouvidor do MP Rio Grande do Sul, procurador de Justiça Eduardo Veiga; o ouvidor do MP São Paulo, procurador de Justiça, Gilberto Nonaka; o ouvidor do Ministério Público de Alagoas, procurador de Justiça Leal Araújo e o ouvidor do MP Militar, procurador de Justiça Ailton Silva.

Programação

No primeiro dia de evento, os membros do MP-AP participaram do seminário “Mulheres em Segurança”, sobre violência de gênero dentro das forças de segurança, que teve o propósito de sensibilizar os órgãos para o tema dentro dessas suas instituições.

O evento seguiu nesta sexta-feira (13), com debates sobre a Ouvidoria da Mulher; experiência do MPPE sobre a inclusão de surdos, entre outros assuntos de interesse comum do Colegiado.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...