GOVERNO JUNTO COM A GENTE INFORME 4

Marília Góes assume como conselheira no TCE Amapá

Em seu emocionado discurso de posse, Marília agradeceu a Deus pela nova função pública e aos familiares e amigos por todo o apoio dispensado.

Da Redação

Em sessão extraordinária na sexta-feira (25/02), Marília Brito Xavier Góes tomou posse como conselheira do Tribunal de Contas do Amapá. Em seu discurso, ela agradeceu o convívio democrático durante três mandatos na Assembleia Legislativa e prometeu dedicação e empenho em suas atividades na Corte de Contas.

A participação presencial na cerimônia foi restrita diante das orientações contra a covid. O evento foi transmitido ao vivo pelas redes sociais.

O procurador geral de Contas, Antônio Clésio, deu boas vindas à empossada. O conselheiro e ouvidor geral, Reginaldo Ennes, destacou a importância da mulher nas Cortes de Contas.

A procuradora de Justiça, Maria do Socorro Milhomem, desejou sabedoria e inteligência à mais nova conselheira.

O deputado estadual Jack JK lembrou em suas breves palavras do início da trajetória da empossada na vida pública.

Em seu emocionado discurso de posse, Marília agradeceu a Deus pela nova função pública e aos familiares e amigos por todo o apoio dispensado. “Quero fazer um agradecimento especial ao meu companheiro de vida, Antônio Waldez Góes. Foi pelos olhos dele que aprendi a ver o Amapá. Aprendi muito em toda a minha trajetória profissional, mas a nível humano ninguém me ensinou mais que Waldez”, ressaltou.

O vice-governador, Jaime Nunes, desejou vida longa à nova conselheira.

O presidente do TCE Amapá, conselheiro Michel Houat Harb, encerrou a sessão dizendo que a Corte de Contas se fortalece com a chegada de Marília Góes. “Vossa Excelência traz em seu currículo experiência suficiente para contribuir com projetos e ações executadas por membros e servidores”, destacou.

Biografia

Marilia Brito Xavier Góes tem 56 anos, é bacharel em Direito, delegada aposentada da Polícia Civil do Amapá, mãe de sete filhos, avó apaixonada, esposa de Waldez Góes (primeira-dama do estado), e estava em seu terceiro mandato como deputada Estadual pelo PDT.

É ativista pelo empreendedorismo e pela garantia de direitos das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Coordenadora estadual do Movimento Orgulho Autista Brasil (Moab) no Amapá desde 2019.

Já exerceu as funções de diretora-presidente da Agência de Promoção da Cidadania; secretária Especial de Desenvolvimento Social; secretária de Estado da Inclusão e Mobilização Social de 2003 a 2010; além de já ter presidido as Comissões de Direitos Humanos (CDH) e da Criança, do Adolescente e da Assistência Social, da Assembleia Legislativa do Amapá.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...