Gove Header

Leda Sadala quer destinar metade dos salários de parlamentares ao combate do Covid

Pelo projeto, o Fundo de Combate à Covid-19 terá capital composto por 50% da remuneração dos parlamentares federais durante o período de 180 dias para o combate à pandemia.

Denis Martins, Diário de Justiça

A deputada federal Leda Sadala (Avante) quer que metade do salário dos parlamentares federais seja destinada à criação do Fundo de Combate à Covid-19. Ela menciona que é necessário que os políticos pensem “fora de caixa” para que a normalidade no país seja retomada.

Pelo projeto, o Fundo de Combate à Covid-19 terá capital composto por 50% da remuneração dos parlamentares federais durante o período de 180 dias e os recursos do Fundo somente poderão ser aplicados em ações para o auxílio do combate do estado de calamidade pública.

Entre as ações previstas no projeto de lei estão compra de vacinas, medicamentos e outros insumos, além de aquisição de cestas básicas. “É preciso que nos reinventemos e pensemos soluções ‘fora da caixa’ para atingir esse desiderato e retomarmos a normalidade da vida no país. Neste diapasão, penso que o Congresso Nacional, em geral, e seus membros, em particular, não podem ser furtar do seu mister de, na qualidade de representantes do povo, darem seu contributo para a amenização do grave quadro de assola o país”, descreveu Leda.

Caso a criação do fundo seja aprovada, o Congresso Nacional formará uma comissão mista de deputados e senadores para gerir a aplicação dos recursos do fundo. O projeto está em análise.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...