Gove Header

Justiça apresenta em coletiva a campanha “Sinal Vermelho contra a violência doméstica”

Desembargador Carmo Antônio reúne a Imprensa para apresentar a campanha promovida pelo CNJ e Associação dos Magistrados.

Em coletiva, por videoconferência, na tarde desta quarta-feira (10/06), o desembargador Carmo Antônio de Souza, que responde pela Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar no âmbito do Tribunal de Justiça do Amapá, e os juízes Normandes Sousa e Michelle Farias, dos Juizados da Violência Doméstica de Macapá e Santana, respectivamente, apresentaram aos Jornalistas a Campanha “Sinal Vermelho contra a violência doméstica” promovida pelo Conselho Nacional de Justiça e pela Associação dos Magistrados Brasileiros.

Videoconferência

A campanha em nível nacional, lançada nesta manhã em Brasília, revela que em alguns estados a violência contra a mulher tem crescido em até 300% durante a pandemia. Os dados são bem diferentes do Estado do Amapá que apresentou queda nesses números. De acordo com o desembargador de 1º de janeiro a 10 de junho de 2019 foram 532 registros de violência enquanto que no mesmo período desse ano, ou seja, no isolamento social foram 428. “Desse total foram expedidas 132 sentenças e 144 medidas protetivas, isso significa que as mulheres estão denunciando qualquer tipo de violência e essa consciência tem que ser prioritária para que haja avanço”, afirmou o desembargador.

Confira a íntegra da entrevista coletiva

 

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...