Gove Header

Juíza Liége Gomes fala sobre atribuições da corregedoria junto aos cartórios extrajudiciais

Durante o bate papo, a magistrada destacou sobre a realização das correições das serventias, ou cartórios, que são realizadas tanto de forma ordinária quanto extraordinária.

Da Redação

Em entrevista ao programa Justiça no Ar, a juíza Liége Cristina de Vasconcelos Ramos Gomes, titular da 1ª Vara Cível e de Fazenda Pública de Macapá e Corregedora Permanente das Serventias Extrajudiciais da mesma comarca, fala sobre a atuação da Unidade e o trabalho da corregedoria extrajudicial. (Confira a entrevista na íntegra)

Durante o bate papo, a magistrada destacou sobre a realização das correições das serventias, ou cartórios, que são realizadas tanto de forma ordinária (com data fixada em calendário anual) quanto extraordinária (a depender de denúncias ou outros fatores provocadores). Segundo a magistrada, a correição é um procedimento que envolve diligências de verificação das diversas rotinas englobadas pelas atividades delegadas pela Justiça às Serventias Extrajudiciais – os cartórios. “Este trabalho envolve um estudo de toda a documentação produzida na atividade cartorária, avaliando os procedimentos, seu ritmo, o respeito aos ritos e protocolos, além da qualidade do serviço ofertado”, explicou a juíza Liége.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...