Gove Header INFORME 3

Nova edição do ‘TCE na Comunidade’ será em novembro

O presidente do TCE Amapá, conselheiro Michel Houat Harb, ressaltou a importância da realização em um momento de retomada das atividades.

Da Redação

O município de Laranjal do Jari será o próximo município a receber o TCE na Comunidade. A terceira edição do evento está confirmada para o final de novembro deste ano, e foi anunciada pelo presidente da instituição , conselheiro Michel Harb em reunião ocorrida nesta terça-feira (31/08).

As duas primeiras edições do evento aconteceram nos municípios de Porto Grande e Oiapoque no segundo semestre de 2019. Por conta da pandemia, a programação para 2020 abrangendo os municípios de Mazagão e Laranjal do Jari precisou ser adiada.

A coordenação explicou que por conta do avanço da vacinação contra a covid-19, baixos índices de casos de contaminação e mortes, e  das novas medidas de restrição em todo o Estado, o Tribunal de Contas do Amapá se sentiu confiante em realizar a terceira edição do evento que leva capacitação e atendimento à população do interior. “Estivemos recentemente fazendo uma visita em Laranjal do Jari em busca de viabilidade para realização do evento. Reunimos com alguns órgãos parceiros e entidades representativas, encontramos no município as condições adequadas para a nossa terceira edição”, explicou Beatriz Barros, diretora de comunicação do TCE Amapá e uma das coordenadoras do projeto.

Laranjal do Jari é um município localizado ao sul do Estado do Amapá. É o terceiro município mais populoso do estado, com 51.362 mil habitantes, conforme estatísticas de 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Além das capacitações técnicas oferecidas pelo Tribunal de Contas e órgãos parceiros, realização de sessão ordinária itinerante o TCE na Comunidade também leva até a população atendimento de saúde, orientações jurídicas, consultoria empresarial, emissão de documentos, entre outros.

O presidente do TCE Amapá, conselheiro Michel Houat Harb, ressaltou a importância da realização em um momento de retomada das atividades. “ estamos confiantes que logo esta pandemia estará superada e a realização de mais um TCE na Comunidade otimiza essa esperança. Os municípios do Estado são carentes de capacitação técnica e serviços públicos. Nosso objetivo vai muito além de julgar, Precisamos contribuir na capacitação daqueles que administram os recursos públicos”, concluiu o presidente.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...