Gove Header

Hospital de Amor completa 3 anos de instalação no Amapá e recebe homenagens no Plenário da ALAP

A sessão contou com a apresentação da Banda da Guarda Civil de Macapá que abrilhantou o evento com o Hino Nacional e a Canção do Amapá, marcando assim o início da solenidade.

Da Redação

O gabinete da deputada Aldilene Souza realizou no dia 29.10.2021, a Sessão Solene em homenagem aos 3 anos de instalação do Hospital de Amor, na capital Macapá. A missão do hospital é promover saúde através da realização de exames e de atendimento médico hospitalar qualificado em oncologia, de forma humanizada.

Henrique Prata, presidente do Hospital de Amor de Barretos São Paulo, veio pessoalmente em 2018 realizar a inauguração do Instituto de Prevenção no Amapá, e desde então os profissionais que atuam no atendimento recebem treinamento em Barretos para a realização de exames do Papanicolau e Mamografia cujo objetivo é o diagnóstico precoce do câncer, possibilitando mais chances de cura às mulheres acometidas com a doença.

Elpídio Amanajás, considerado benemérito do hospital, tem sido um grande parceiro neste projeto. Disse que comemorar os três anos de existência do instituto no Amapá, de um trabalho que começou em 2007, com o acompanhamento direto da Assembleia Legislativa que deu todo apoio, desde o início, nas tratativas institucionais.

“Nossa meta agora é unir forças para que possamos no mais curto espaço de tempo oferecer os serviços de radioterapia, para que nem um paciente amapaense tenha que viajar a milhares de quilômetros e passar por todo tratamento longe da sua família”, disse Elpídio.

A sessão contou com a apresentação da Banda da Guarda Civil de Macapá que abrilhantou o evento com o Hino Nacional e a Canção do Amapá, marcando assim o início da solenidade.

Para a autora da sessão, deputada Aldilene Souza, este é um momento de grande felicidade, pois muitas mulheres tem sido salvas através do diagnóstico precoce. Em seu discurso inicial, a parlamentar enfatizou o compromisso deste Poder Legislativo em continuar apoiando o Hospital de Amor com recursos das emendas impositivas.

A deputada Aldilene Souza informou que já disponibilizou R$ 100 mil de suas emendas impositivas para o instituto, e anunciou que a Assembleia Legislativa tem feito um estudo para verificar a possibilidade de assinar um Termo de Fomento com o Hospital de Amor.

“Quero agradecer ao presidente Kaká Barbosa por esta oportunidade e dizer que hoje esta Casa de Leis, já começou as tratativas de um futuro termo de fomento. É a Assembleia Legislativa aplicando a sua responsabilidade social junto a essas entidades, ou seja, esta Casa demonstrando o amor ao próximo e dando nossa contribuição e a ajuda as estas mulheres que tanto precisam”, enfatizou a parlamentar.

Segundo Dayse Araújo, gestora do instituto de prevenção, isto só lhes traz gratidão, porque quanto mais apoio eles tiverem, mas além vão chegar. “Ficar sabendo desse possível convênio com a Assembleia, vai ser uma ajuda muito necessária. Com toda certeza vai ser bem investido e quem sabe poderemos até ampliar nossos atendimentos”, disse.

O Hospital de Amor, realiza mensalmente 1.200 preventivos, sendo 600 realizados na carreta itinerante, que visita todos os 16 municípios do Estado e, mais 600 preventivos no prédio do Instituto. E ainda, realizam mensalmente 1.100 mamografias, sendo 550 exames na carreta e 550 no hospital de amor.

Na sessão solene estiveram presentes a deputada Cristina Almeida, o juiz federal João Bosco, juiz Marconi Pimenta, Bruno Martel diretor do Hospital de Amor, Agenilson presidente da ONG Carlos Daniel, Joziane Texeira representante da POUVA (Pacientes Oncológicos Unidos pela vida e pelo Amor), e na oportunidade elogiaram o trabalho realizado pelo hospital e apresentaram demandas, que serão encaminhadas aos órgãos de controle.

“Foi de grande importância a realização desta sessão que acabou culminando com vários debates produtivos. A gente sai daqui com a gratidão e a certeza de que vamos conseguir desempenhar este trabalho aqui no legislativo e encaminhar as demandas aos órgãos de controle e fiscalização”, finalizou a deputada Aldilene Souza.

Fotos: Kitt Nascimento/Gerson Barbosa

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...