Gove Header

Nova usina de oxigênio vai reforçar atendimento contra Covid em Macapá

Equipamento foi desembarcado no final da tarde desta sexta-feira, 26, e vai ampliar a produção de oxigênio para atendimento a pessoas com covid-19 no estado.

Da Redação

Nesta sexta-feira, 26, mais uma usina produtora de oxigênio chegou ao Amapá. O equipamento foi doado pelo banco Itaú, por meio de articulação do senador Davi Alcolumbre, governador do Estado, Waldez Góes, e da procuradora-geral do Estado, Ivana Cei.

Waldez informou que será feito um termo de cessão de uso com a Prefeitura de Macapá, para a instalação da usina na unidade de saúde do Santa Inês – onde funciona um centro de atendimento a pessoas com covid-19.

O equipamento irá diretamente para a unidade municipal, ampliando a capacidade de produção de oxigênio hospitalar e evitando o desabastecimento na rede pública de saúde. “Conseguir mais essa usina para o Amapá é resultado da união e de um conjunto de esforços. Para ampliar a assistência à rede de saúde municipal, decidi junto com o senador Davi e a procuradora Ivana, ceder o equipamento para a Prefeitura de Macapá”, afirmou Góes.

A usina também possibilita o abastecimento de outras unidades de saúde, como o suporte garantido com os 582 cilindros recebidos esta semana, resultado de tratativas conjuntas com senador Davi Alcolumbre. “O objetivo é salvar vidas. Somente com a união de todos podemos enfrentar o coronavírus. Ninguém pode medir esforços e todo mundo precisa colaborar neste momento”, disse Davi.

Além disso, o governador também informou que continuam em busca de mais usinas produtoras de oxigênio para o Amapá, uma para o município de Santana, e outra para a UPA da zona norte de Macapá.

Publicidade (x)
você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...