Gove Header INFORME 3

Governo do Amapá capacita profissionais da saúde indígena para agilizar notificação de doenças

Servidores do Dsei receberam um treinamento para operar o sistema de Gerenciamento de Amostras Laboratoriais.

Da Redação

O Laboratório Central de Saúde Pública do Amapá (Lacen/SVS) capacitou profissionais do Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) sobre o Sistema de Gerenciamento de Amostras Laboratoriais (GAL). Trata-se de uma ferramenta que permite a liberação e envio de resultados de exames laboratoriais em todo país, e lida com informações pessoais dos pacientes.

O GAL permite uma padronização do diagnóstico para que se tenha uma plataforma de dados eficiente, o que gera a compreensão do comportamento das patologias, permitindo o desenvolvimento de políticas públicas mais eficientes de combate e prevenção.

Com a capacitação, que ocorreu na última sexta-feira, 18, o objetivo é evitar erros ou utilização inadequada do GAL. O treinamento foi ministrado pelo biomédico Saulo de Esteves Azevedo Costa, gerente do Sistema de Gerenciamento de Amostra (SGA).

Também participaram do treinamento servidores do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs/SVS), setor que emite os alertas quando há surto de alguma doença, como o sarampo.

Para a diretora executiva de Vigilância Laboratorial, Lindomar dos Anjos, esse tipo de treinamento é de fundamental, já que o GAL agrupa uma gama de Informações pessoais de pacientes e resultados de exames sigilosos.

“Os profissionais terão acesso ao GAL, o que pode facilitar a construção de um banco de dados para diagnósticos de diversas patologias em todos o estado, eles também irão trabalhar com dados pessoais e sigilosos dos pacientes. O sigilo é algo importante em muitos casos” manifestou a gestora.

Após o treinamento, os profissionais já capacitados receberam um código ( chave) para ter acesso ao sistema e realizar o seu trabalho.

“Esse tipo de treinamento é contínuo e será realizado sempre que se apresente a necessidade ou solicitado por algum dos órgãos de saúde”, finalizou a gestora.

O Lacen é coordenado pela Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS).

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...