Gove Header

Furlan defende atuação consorciada entre municípios da região metropolitana

Prefeito eleito de Macapá inicia transição com Clécio e diz não ver dificuldade para atuação conjunta com Bala e Dudão, de Santana e Mazagão, respectivamente.

Cleber Barbosa, da Redação

O prefeito eleito de Macapá, Antônio Furlan (CIDADANIA) iniciou nesta terça-feira (22) a transição com a gestão do atual prefeito Clécio Luís (sem partido). Após receber as primeiras informações, disse que quer fortalecer a atuação conjunta entre os municípios de Santana e Mazagão, que integram a chamada Região Metropolitana da capital do estado, especialmente no que se refere à saneamento, coleta do lixo e ao atendimento à saúde.

Furlan chegou à prefeitura ao lado de alguns auxiliares que deverão estar a seu lado no futuro governo, dentre eles o enfermeiro Ivo Melo, que trabalha com ele há muitos anos. “A prioridade é a saúde, defendi isso na campanha e vamos sim trabalhar muito para melhorar os indicadores de saúde da nossa cidade assim como a geração de emprego e renda também”, disse Furlan aos jornalistas.

Transição

Falando aos jornalistas, Furlan elogiou a disponibilidade do atual prefeito em franquear acesso às informações, obras e serviços em andamento. Ele ratificou que nenhuma obra pública sofrerá qualquer solução de continuidade, lembrando o princípio da impessoalidade que norteia o serviço público.

Faixa

O atual prefeito disse que faz questão não apenas de garantir uma transição como ficar para passar a faixa ao sucessor. “Isso não acontece há décadas em Macapá, uma faixa simbólica, claro, pois esse passar a faixa significa passar a gestão mesmo, dizer qual a situação que a prefeitura está passando, os problemas, mas também as coisas boas, então quero ter a honra de passar a faixa ao novo prefeito, extensivo também a toda a sua equipe”, concluiu.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...