- Publicidade -

Exército inicia pavimentação do trecho Sul da BR-156, entre Laranjal do Jari e Macapá

Obra vem sendo executada por convênio de delegação com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT).

Cleber Barbosa, da Redação

Se a chegada das máquinas ao Amapá, em maio de 2021 foi muito comemorada, o início do lançamento da base do asfalto no trecho Sul da BR 156, que liga Laranjal do Jari a Macapá começa a ganhar as redes sociais no estado e no restante do país, após uma postagem do DNIT, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte. Tecnicamente é um trabalho de impermeabilização da base lançada pela terraplenagem, enquanto chega a massa asfáltica ao estado.

A obra é considerada a mais antiga construção de rodovia federal em todo o Brasil. Embora o trecho ligue o extremo sul do estado com a capital, a estrada inicia no Rio Jari e vai até Oiapoque, no extremo norte do Amapá.

Segundo o DNIT, ao longo de todo 2021 a autarquia agiu para promover mais segurança aos usuários e maior trafegabilidade a rodovias federais do Estado sob sua jurisdição. “Além da revitalização e da construção de importantes pontes da região, foram realizados serviços de pavimentação, recuperação e manutenção em diversos segmentos amapaenses”, diz o departamento.

O DNIT concluiu a revitalização de 15 pontes de madeira no trecho Sul da BR-156/AP e 20 no trecho Norte da mesma rodovia, além de outras oito pontes no trecho Oeste da BR-210/AP. Também construiu uma ponte de concreto sobre o Igarapé Amândio, no km 662,06, e tem obras de construção em andamento nas pontes sobre o Igarapé Inêz, no km 665, e sobre o Igarapé Ranolfo, no km 667,79. A Autarquia finalizou, ainda, uma ponte de madeira estratégica sobre o Rio Vila Nova, no km 212,15 da BR-156/AP.

Os serviços de pavimentação asfáltica também foram acelerados no Amapá em 2021. Foram iniciadas em outubro e estão em execução obras em 10 km do trecho Norte da BR-156/AP, do km 660 ao km 670, na região da Vila Carnot, no município de Calçoene.

A rodovia BR-156/AP também contou com serviços de restauração e manutenção ao longo do ano, por meio de contratos ainda em andamento que compreendem os segmentos do km 400,60 ao km 659,44 e do km 769,70 ao km 822,50.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...