Prefeitura Header

Em mais uma ação de combate à pandemia, Exército atua na logística por oxigênio

Militares do Comando Militar Conjunto Norte prestam apoio às operações de transporte de nova carga de cilindros de oxigênio para o Amapá.

Da Redação

No contexto da Operação COVID-19, o Comando Conjunto Norte (Marinha, Exército e Aeronáutica), por meio do Comando de Fronteira Amapá/34° Batalhão de Infantaria de Selva (Cmdo Fron Amapá/34º BIS), em coordenação com a 22° Brigada de Infantaria de Selva, realizou esta semana apoio logístico ao desembarque de 121 cilindros de oxigênio, que chegaram ao Aeroporto Internacional de Macapá – Alberto Alcolumbre.

A ação ocorreu em apoio ao Governo do Estado do Amapá, em caráter de urgência, para abastecer a rede hospitalar do Estado, em especial, para aumentar a reserva de oxigênio medicinal do Hospital Universitário (HU).

A Força Aérea Brasileira (FAB) deslocou uma aeronave C-105 de Manaus para o transporte dos cilindros de Belém para Macapá na manhã de hoje. Durante a madrugada a FAB já havia transportado 30 cilindros, em caráter emergencial, em duas aeronaves C-95.

Leia também:

“Esta ação permitiu maior segurança dos pacientes internados nos leitos de UTI (COVID-19) do HU, visto que o nível de oxigênio estava abaixo do desejável. Desta forma, no contexto da pandemia da COVID 19, as Forças Armadas, prosseguem na missão de preservar vidas em todo o país”, informou o Comando Conjunto Norte, em nota enviada à nossa redação.

Esta ação permitiu maior segurança dos pacientes internados nos leitos de UTI (COVID-19) do HU | Foto: EB

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...