Gove Header

Deputada quer ampliar rede de proteção contra casos de violência doméstica

Um dia depois da data comemorativa internacional das mulheres, Cristina Almeida vai ao rádio e reforça necessidade do poder público ajudar no enfrentamento.

Cleber Barbosa, da Redação

A deputada estadual Cristina Almeida (PSB/AP), que é a titular da Procuradoria da Mulher no âmbito do Parlamento Estadual, foi ao rádio nesta terça-feira (9) para fazer uma avaliação das reflexões e programações pelo Dia Internacional da Mulher. Ela disse que houve avanços, mas que ainda é preciso que o poder público possa ampliar a rede de proteção – especialmente pelo aumento dos casos de violência doméstica durante a pandemia.

Para a parlamentar, o período de confinamento domiciliar acabou por asseverar essas ocorrências. “Mesmo no isolamento, temos conseguido durante esse período reforçar a rede de proteção para as mulheres, também nos preocupando com a prevenção da violência por meio da educação”, disse Cristina Almeida sobre as ações da Procuradora da Mulher na Assembleia Legislativa do Amapá.

Ela também falou sobre a estrutura de suporte emocional, algo que se viu desde o surgimento das delegacias especializadas da mulher e que deve se espraiar em outros níveis e estruturas. “Nosso trabalho hoje é garantir suporte psicológico, judicial às vítimas e familiares e ficar em alerta para garantir um tratamento que permita a essas mulheres a saída do ciclo da violência” explica Cristina.

Por fim, ela falou sobre as ações de conscientização das próprias mulheres para conseguir ter a exata noção do momento que se vive e a necessidade de evitar entrar no círculo vicioso da dependência do agressor. “Não se permitam ser violentadas por algo que vocês nunca fizeram, porque não há desculpa ou justificativa para isso. Precisamos sempre procurar ajuda e a ALAP está à disposição para atender esse pedido de ajuda para cada caso”, pontuou a deputada.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...