Gove Header

Coordenadora da bancada federal vai a aldeias indígenas levar donativos

A articulação é da deputada Aline Gurgel e do senador Davi Alcolumbre, que obtiveram mais de 15 mil cestas básicas do Ministério da Cidadania, em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Da Redação

A deputada federal Aline Gurgel (Republicanos-AP), viajou ontem (31) até o extremo norte do Amapá, na Aldeia do Manga, município de Oiapoque, para participar da distribuição de cestas básicas a indígenas em situação de vulnerabilidade. Serão beneficiados povos indígenas e quilombolas nessa primeira etapa. Ao todo, serão entregues 7.828 cestas básicas para os indígenas e 7.724 para os quilombolas do Amapá.

A articulação é da deputada Aline Gurgel e do senador Davi Alcolumbre (Democratas/AP), que obtiveram mais de 15 mil cestas básicas do Ministério da Cidadania, em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). “Viemos até Oiapoque para acompanhar de perto essa entrega. Conversei com o Cacique Joselito que falou da dificuldade em que os índios estão passando nessa pandemia, principalmente na questão de alimentação”, garantiu a deputada.

Ainda de acordo com a parlamentar, a medida foi adotada porque, em virtude da pandemia de Covid-19, houve paralisação das atividades de diversos segmentos que impactam diretamente a renda de muitas famílias e, consequentemente, o acesso regular à alimentação. “Precisamos garantir segurança alimentar, das comunidades tradicionais, aos indígenas e aos quilombolas. Hoje a aldeia do Manga recebe essa alimentação que vai ajudar na alimentação”, disse.

O cacique explicou à deputada sobre as dificuldades no acesso à água tratada e energia elétrica no Manga. Ele pediu que a parlamentar pudesse trabalhar em Brasília,em busca de recursos para a Aldeia.

Estava acompanhando as entregas a indígena e vereadora, Lilian Karipunas, vice-presidente da Câmara de Vereadores de Oiapoque, que também colocou seus anseios para os povos indígenas, como atenção à saúde da mulher e revitalização da casa de farinha. A vereadora ressaltou o importante papel da deputada Aline. “A deputada vem lutando por nossos munícipes e busca recursos para Oiapoque”, finalizou a vereadora.

Ainda de acordo com a parlamentar, a medida foi adotada porque, em virtude da pandemia de Covid-19, houve paralisação das atividades de diversos segmentos que impactam diretamente a renda de muitas famílias e, consequentemente, o acesso regular à alimentação. “Precisamos garantir segurança alimentar, das comunidades tradicionais, aos indígenas e aos quilombolas. Hoje a aldeia do Manga recebe essa alimentação que vai ajudar na alimentação”, disse.

O cacique explicou à deputada sobre as dificuldades no acesso à água tratada e energia elétrica no Manga. Ele pediu que a parlamentar pudesse trabalhar em Brasília,em busca de recursos para a Aldeia.

Publicidade (x)

você pode gostar também

- Publicidade -

Comentários
Carregando...